quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

Sexo na Escola

Maria de Lurdes provocou um acidente escolar grave, deixou a educação de pantanas. O carro não foi para a sucata mas está todo amolgado e com os guarda-lamas a bater. A tragédia deixou sequelas graves a nível psiquiátrico: andam a pintar o carro sem terem feito o trabalho de bate-chapas!
A parte mais atingida foi a nível de chassi, a menos visível do exterior - atingiu-se gravemente a dignidade e a autoridade dos professores. Será difícil, a um professor desautorizado, gerir comportamentos, ensinar os alunos a entrarem na sala, a falarem na sua vez, a estarem sentados, a respeitarem, pelo que deve ser dificílimo ensinar-lhes sexualidade. No entanto o pensamento dominante é que aponta o caminho a seguir. 
Já que não aprendem a contar nem a escrever que aprendam ao menos a copular.

- A stora colocou um pénis de esferovite sobre a mesa e perguntou se sabíamos o que era. Um colega respondeu que era um.... posso dizer pai?!...
- Diz lá filha!
- Era um c*******!
- Espera aí! Como é que sabias que  era de esferovite?
- A stora fê-lo passar de mão em mão!
- De mão em mão?!
- Pediu também que dessemos ideias para acções sobre sexualidade a desenvolver na escola.
- E tu?!
- Sugeri a distribuição gratuita de preservativos e a vinda do Moita Flores à escola!
- És original e criativa como o paizinho!....
- Preciso de uma frase para a campanha...
- Pénis de todo o mundo, vesti-vos! 

Moral do filme: mesmo os que pensam que são muito criativos a ensinar falham, se repararam, nunca foi mudada a camisinha.

7 comentários:

Ferroadas disse...

Quanto a mim, sempre, sempre ao natural. O final do filme fez-me recordar os meus 18 anos, era sempre a abrir.

Abraço encamisado

Meg disse...

Pata Negra,

Estou cansada, estou farta... está tudo doido e, daqui a pouco, eu também, porque "isto pega-se".
E hoje temos mais este triste espectáculo nas ruas... pela educação sexual.
Esta gente não tem pais em casa?
Não deviam estar na escola a aprender, para depois não virem para a rua REIN-DIVICAR (divicar!!!), como o fazia há dias um "licenciado"??????

Devo estar gagá... e com a paciência no limite, desculpa.

Acho que vou fazer o mesmo que fizeste ... UM RETIRO.

Um abraço

Compadre Alentejano disse...

Gostei do filme.
É muito "inducativo"...
Abraço
Compadre Alentejano

Daniel Santos disse...

excelente.

opolidor disse...

com chapéu na tola para não apanhar resfriado...
abraço

salvoconduto disse...

O Moita Flores?! Fosse minha filha e eu dizia-lhe!

Já agora toma cautela, esse vídeo foi banido do youtube pela brigada dos bons costumes.

Abraço, protegido.

MARIA disse...

Majestade, na escola da minha filha substituiram o esferovite por uma banana.
Cruel, cruel, é que depois de aprender e ensinar como vestir e preparar para o acto a banana, ninguém teve direito sequer a provar um baguinho de fruta.
Ainda perguntei se as bananas haviam sido destribuídas ao almoço no refeitório da escola, mas diz-me a moça que foi maçã a sobremesa ...

Sinais dos tempos, Majestade!

Um beijinho amigo

Maria