terça-feira, 3 de julho de 2007

O Vermelho

O humor evolui com a história! Lembro-me de mijar a rir com as anedotas do Bocage e com as histórias do Solnado. Depois vieram os alentejanos, o Herman e as loiras. Agora estamos na época do Gato Fedorento!
Eu tenho uma anedota “duracelli”. Tenho-a utilizado recorrentemente ao longo da minha vida, serve-me de cartão de apresentação e de teste quando encontro novos convívios com potencial para encetar novas amizades.
Mal a conversa entra na fase da piada, eu zás, aplico a velha anedota do vermelho!
Ela contem os ingredientes necessários para dar uma ideia do perfil da pessoa que a conta e ao mesmo tempo avalia os ouvintes através do sorriso com que lhe reagem! Tem um pouco de tudo o que uma clássica anedota completa deve ter incluindo o indispensável sexo. (Esta do sexo é só para prender o leitor!)
Abusei tanto dela que cheguei a ser alcunhado do Vermelho! Claro que quem não me conhecia por ela, concluía em primário, que eu seria um fanático do Benfica ou um perigoso comunista!
Hoje, quando a idade já impõe o respeito que proíbe as alcunhas, sou devidamente tratado pelo “ti” ou pelo “senhor” João Rato!
Hoje mesmo, dia em que faço duas décadas de casado, contei a dita aos meus filhos à mesa da célula familiar, não como em outras alturas para demonstrar a minha craveira ou procurar empatias, mas porque achei que era a hora de a legar em herança aos dois que tanto precisam de aprender com o velho pai!

Pois ela aqui vai:
Um jornalista investiga acerca do pensamento dos povos a respeito do vermelho.
Pergunta a um francês – para mim o vermelho é uma cor que vem na nossa bandeira, é a cor da guerra, do sangue e da coragem!
Pergunta a um russo – para mim o vermelho é a cor da revolução e do socialismo, é a cor do povo!
Pergunta a um espanhol – para mim o vermelho é a cor das touradas e das festas!
Pergunta a um velhote de trás-os-montes – ah, sabe, a mim o vermelho dá-me tesão!
- Oh amigo explique lá isso melhor, então o vermelho dá-lhe tesão!?
- Ah, sabe, tudo me dá tesão!

Não posso avaliar, através da grande rede que se esconde por detrás da cegueira deste monitor, a reacção do leitor, na circunstância pelo menos não avermelhou! Mas sei que por estas andanças tenho encontrado um potencial de novas amizades!
Um vermelho abraço!

8 comentários:

Moriae disse...

LOL!!! Parabéns!!!
Abraço :)

Anónimo disse...

Parabéns e Felicidades.
Como eu invejo o velho trasmontano ...

Anónimo disse...

viva o Benfica, melhor que viagra

pata negra disse...

Há cada vermelho.

Raposa Velha disse...

heheheheh

Parabéns atrasados!

João Rato disse...

Obrigado companheiros, ao fim de 20 anos de casado continua a pensar a mesma coisa do vermelho!

Savonarola disse...

Boa! Bem achada!
Um abraço

martelo disse...

embora o vermelho seja cor de rosa lá para os lados da 2ª circular e diria esse que esta cor mais pálida tambem dá tusa...