segunda-feira, 7 de abril de 2008

Análise Política

Tenho procurado espaço neste blog para a intervenção política mas não consigo. Efectivamente, são muitos os blogs que o fazem dentro da minha linha de pensamento pelo que seria redundante a minha dedicação. Num tempo em que se repete, não inocentemente, o fim das ideologias e até do tradicional conceito esquerda-direita, venho aqui esclarecer o meu posicionamento. Sem mais palavras deixo a imagem que resume a análise política dos últimos trinta anos.

Identificam-se com cinco linhas as forças políticas com assento parlamentar: PS, PSD, CDS, PCP e BE. Uma sexta linha revela o meu caminho - a quem a conseguir identificar concedo o prémio de poder copiar a imagem sem pagar quaisquer direitos.

19 comentários:

Marreta disse...

Curioso, vejo uma sétima linha.
Saudações do Marreta.

Maria disse...

Majestade, não há cabeça coroada de imaginação em toda a blogosfera como a sua.
Então não é que nos põe a todos aqui a apalpar caminho às linhas para lhe descobrir o linear pensar ?!...
Ora bem, acho deliciosos estes desafios. Deixe ver, deixe ver, talvez a sua seja a que faz mais curvinhas (em ponteado azul).
Não sei porquê mas entre todas elas pareceu-me que Vª Majestade acharia graça a uma linha bem definida às curvinhas. Posso levar a imagem sem pagar direitos ou continuo a "ler as linhas " ?
:)
Um beijinho amigo.

Maria

Zé Povinho disse...

Com mil diabos, eu até fiquei com dificuldades em distinguir a direita da esquerda, ou seria esquerda da direita? Grande confusão.
Abraço do Zé

Compadre Alentejano disse...

Eu até fiquei com os olhos em bico.
Pode ser até um partido muito mini mas, se fôr por convicção, força para a frente.
Um abraço político
Compadre Alentejano

Pata Negra disse...

O amigo Marreta é um grande amigo bloguesférico, eu diria que é um dos maiores amigos bloguesféricos, ou melhor, o maior amigo bloguesférico!... Já estou a exagerar, maior, menor ou igual - com os dados que disponibiliza - será uma das personagens com quem mais me identifico ou não pertencesse ele ao universo da Miss Pig!
Toda esta conversa por causa da sétima linha, a do eixo da via - julgo.
Marreta o eixo da via só pode ser tocado em caso de ultrapassagem ou despiste!
Um abraço de identificação

Pata Negra disse...

Maria,
com que então às curvinhas pela direita!? A gracinha da Maria saiu-lhe cara: fica proibida de utilizar a imagem para qualquer fim e, fique sabendo, que se a vir exibida lá pelo seu Reino a processarei por abuso de propriedade intelectual!
Um abraço da minha graça

Pata Negra disse...

Zé Povo
Nunca andou na tropa? Não sabe distinguir a esquerda da direita?
É por causa desta confusão que o país nunca mais se endireita!
Um abraço da minha linha

Pata Negra disse...

Compadre,
não esteve para se esforçar! Ao lado da Ceia de Cristo, do menino a chorar, ou do poster da selecção nacional do mundial de 84, bem que poderia ter encaixilhada esta obra prima! Assim, como não acertou, não fica com direito ao quadro e, livre-se de eu um dia entrar na sua casa e ver a obra exposta!
Um abraço da confusão

SILÊNCIO CULPADO disse...

Pata Negra
Tenho para comigo que tu queres um país com justiça social e respeito pelos outros. É essa a linha que eu também perfilho.
Abraço justo mas não resignado

Alberto Cardoso disse...

Majestade.
Antes de mais faço votos sinceros que sua Alteza Real e a Sua Realíssima Família (burro Real incluído) estejam de boa saúde e que os Leittões estejam a engordar sem o recurso a métodos ilícitos (a utilização de esteróides anabolizantes ou similares é altamente reprovável e é crime).
Quanto ao problema que nos coloca, para o resolver, temos que ir por partes.
- Nos bancos da Escola aprendi que alguns teoremas da matemática se demonstram por redução ao absurdo, isto é, provasse que o enunciado de um teorema é verdadeiro porque é «absurdo» se fôr diferente. Transportando esse raciocínio para o enigma que nos propõe e se atendermos às ideias verdadeiramente democráticas que Sua Majestade vem defendendo não o consigo imaginar, próximo sequer, das margens esquerda ou direita do rio que a imagem sugere.
- Pelas causas que aqui defende e da maneira como o faz, notasse uma coerência incompatível com os «zigs-zagz» de algumas linhas.
- Derivas à esquerda ou à direita nos últimos tempos, como sugerem duas das linhas, a meu ver, também não encaixam no perfil de Sua Majestade (lá ia a coerência às malvas!).
Posto isto restam o pontuado a vermelho, sempre encostado à esquerda ou o traço a vermelho que, parte dele, vem muito da esquerda e que há 10/11 anos se juntou a outra esquerda mais moderada.
Para mim, são duas hipóteses a considerar. A posição relativa destas linhas nos últimos anos, também é algo intrigante. Mas se atendermos a Frei Tomás (faz o que ele diz, não o que ele faz) talvez esteja aí a explicação para a tal posição relativa das tais linhas.
Em resumo, Majestade.
Se interpretei correctamente o «boneco» que aqui postou e atendendo aos argumentos atrás expostos direi que o “Seu caminho” está representado no tal pontuado vermelho que já mencionei.
Se errei, espero que a misericórdia de Sua Alteza me não condene às galés. (Enjoo no mar).
O seu servo-motor,
Alberto Cardoso

Watchdog disse...

Isto parece-me mais uma daquelas imagens-esquema para explicar certos acidentes rodoviários...

Se conduzirem, não bebam!

1 Abraço!

Pata Negra disse...

Silêncio,
isso não é uma linha, isso é um caminho, o pior é quando se sai da estrada e eu temo que já tenha sido abalroado!
Um abraço com o rastilho aceso

Pata Negra disse...

Oh Senhor Alberto,
sorte a sua não conseguir encontrar o seu blog! Tivesse um, e eu encher-lhe-ia as caixas de comentários com observações de mau gosto que o obrigariam a "este comentário será publicado após aprovação" - não é bem assim mas é parecido!
Não descobriu a minha linha e pronto, não pode divulgar a imagem! Problema seu!
Um abraço em explosão, compreendeu?! Qual equilibrado qual carapuça! Se eu fosse equilibrado não seria Rei dos Leittões nem faria este comentário ao seu comentário!
Um abraço - ah! Já dei!

Pata Negra disse...

Watchdog
Chamaste-me o quê?!
Segurem-me os óculos! Segurem-me os óculos!
Aquele abraço pós-porrada

apito dourado disse...

Majestade já descobri. Depois do raciocínio do Sr. Alberto, descobri. Eureka.
Alinha de sua Majestade é a verde clara. Começou no centro e já vai na ultra esquerda. Será Majestade. Será?

Alberto Cardoso disse...

O "Senhor Alberto" tem um blog. Só que é secreto e só ele, e mais ninguém, a ele tem acesso.
O "Senhor Alberto" analisou até ao mais ínfimo pormenor o «boneco» e, por um raciocínio lógico e inatacável, descobriu a linha política que o Rei dos Leittões perfilha. Agora vêem com essa que o “Senhor Alberto” errou. ERROU?!?! O “Senhor Alberto” nunca se engana!!! Pode equivocar-se mas enganar-se, isso nunca!!!
E, digo mais: se a conclusão do “Senhor Alberto” está errada é porque o tal «boneco» é uma fraude.
Alberto Cardoso

Oliva verde disse...

Não arrisco identificar a linha ideológica do Rei mas a minha estaria, por certo, muito próxima da verde. No entanto, em vez da explosão final preferia começar por levitar, entrar em órbita e, se possível, aterrar em outro Planeta!

Raposa Velha disse...

Hmmm curioso, todas as linhas já existem em 1974. E isso azul são linhas d'água? :)

Qual será a tua linha? A do Norte? A do Oeste? :)

Estou em crer que será a linha invisível que nos conduz dia após dia.

Pata Negra disse...

Pronto, como ninguém acertou a imagem fica exclusiva do Reino dos Leittões, sendo que a sua utilização fica punível nos termos da lei.
Um abraço e obrigado pelo esforço