quarta-feira, 14 de maio de 2008

Continuando a falar de GALP e BP

Assume uma posição! Assim é que não!
Obviamente que a ideia original não é minha, foi "roubiscada" e depois rabiscada para o caso GALP/BP

9 comentários:

Tiago R Cardoso disse...

esta vergonha de liberalização de preços têm apenas um nome, concertação.

AJB - martelo disse...

já aingiu o nível do nojento, do repúdio...

Compadre Alentejano disse...

Amanhã vou encher o depósito de gasóleo a Ayamonte, sempre são menos 25 cêntimos em litro, e não sou obrigado a meter na Galp ou na BP. Ah, aproveito para comprar uns camarões...
Vai cá ser um fim de semana...
Um abraço
Compadre Alentejano

SILÊNCIO CULPADO disse...

Pata Negra
Precisam duma lição e nós precisamos de organização. Bem concertadinhos vais ver se não conseguiamos.

Abraço

Marreta disse...

A mim não me encavam que eu uso cinto de castidade.
Saudações petrolíferas do Marreta.

alberto cardoso disse...

Sou obrigado a percorrer cerca de 90 Km diariamente, de casa à Escola e regresso (já tive que fazer mais de 150 Km). À média de 22 dias por mês, façam as contas. Uma grande fatia do pouco que recebo é para combustíveis, seguro do carro, revisões, inspecções, pneus, etc. Com o horário que tenho e atendendo onde resido e onde fica a Escola, não é possível partilhar as viagens com colegas nem utilizar transportes públicos. Os escandalosos e incompreensíveis aumentos dos preços dos combustíveis, revoltam-me. Alguém está a ganhar milhões à custa dos parcos tostões que recebo. Estou disponível e desejoso de participar em qualquer acção que puna os exploradores. Façamos boicote à Galp e à BP. TODOS!!! Se, por causa dos “pontos” e de outras ninharias, houver quem não adira, pode comprometer os objectivos desta campanha. E se algum dos outros postos se atrever a aumentar os preços, também deve ser acrescentado boicotado. Vamos a isto?!?!?!
Alberto Cardoso

joshua disse...

Vou marchar contra estes cartelistas filhos da puta e quem, Estado, nos vai mentindo e usando sem vergonho. Estou na luta.

PALAVROSSAVRVS REX

O Guardião disse...

Eu mantenho a distância desses gajos, mas o que não faço é virar-lhes as costas. As bombas dos hipermercados também são fornecidas com gasolinas refinadas pela Galp, só que são mais baratas. Porque é que não começamos a importar combustíveis refinados da Espanha, ou da Venezuela? É que a Galp é monopolista, mesmo com um governo liberal (mas só quando é para nos lixar).
Cumps

Anónimo disse...

Caríssimos, somos milhões a pensar assim. A comunidade blogger tem de fazer levantar uma vaga que faça mossa nesses cabrões. Organização, Ideias, Alternativas e Mobilização!