terça-feira, 21 de outubro de 2008

O regresso do desejo

Um casal, com mais de 40 anos de casamento, está na cama.

A certa altura, ele passa-lhe a mão pela cabeça, pelos ombros, pelos seios. Ela surpreendida, pois há muito que ele não percorria esses sítios, sentia-se bem, excitada, enquanto ele continuava, passando a mão de uma para a outra das coxas e ela, mais e mais excitada, desejando ardentemente e gozando, ansiosa o momento supremo. Então ele pára e volta à habitual posição, indiferente, distante, desinteressado.

Ela suspira, frustrada, e pergunta:

- Porque paraste?!

- Porque já encontrei o comando da televisão.

9 comentários:

salvoconduto disse...

Por que é que és tão mauzinho?

Abraço.

SILÊNCIO CULPADO disse...

Pata Negra

Casamento em que já só se procura o comando do televisor...
Diga o PR o que disser a lei do divórcio faz sentido.

Abraço

Tiago R Cardoso disse...

o comando estava difícil de encontrar, estava, estava...

O Guardião disse...

O comando ca(r)nal! Ouvi algures que o Viagra fez anos...
Cumps

antonio - o implume disse...

Um homem nunca deve perder o comando da televisão, ou pelo menos não o deve confessar em público! Afinal, somos ou não somos o sexo forte?

Fliscorno disse...

LOL

Ficassem eles pela "televisão dos pobres" e já a história seria outra.

btw, amanhã é quarta ;-)

Camolas disse...

Não há paciência para tanto compromisso, trabalho , familia, estado. Como pode o romandce sobreviver no meio de tanta amarra. Amor , paixão são estados de magia que não se compadecem com horários. Sociedades baesadas na procura do dinheiro/poder social não têm amor/paixão têm necessidades biológicas de "foder".

Marreta disse...

Se calhar estava a dar um jogo de futebol, se estivesse a dar uma telenovela a cena seria inversa...
Saudações do Marreta.

opolidor disse...

será que homem precisa do comando para entrar no canal?