sábado, 17 de janeiro de 2009

Mamonas Assassinas

Um filme para o sábado à noite. "Mundo Animal" dos Mamonas Assassinas, realização do Kaos para o Libertário. Poderá dar vontade de rir mas o caso é sério.

8 comentários:

alberto cardoso disse...

Olá Majestade.
O filme é soberbo! Ganharia o 1.º prémio num qualquer festival honesto que se realizasse em qualquer lado. Fez-me rir. Mas hoje é um dia especial. Também ri muito com anedota que a Sinistra contou hoje no Porto e que li aqui na Net. Acho-lhe tanta piada que me atrevo a pô-la aqui, contando com a benevolência de Sua Alteza. Ei-la:
Porto, 17 Jan (Lusa) - A ministra da Educação, Maria de Lurdes Rodrigues, apontou hoje, no Porto, "a qualidade, diversidade e equidade" como os desafios do sistema de ensino em Portugal.
Num debate sobre "os novos desafios da Educação" promovido pelo PS/Porto, a ministra da Educação considerou que "a politica educativa do futuro terá dois traços: a diversidade e o desenvolvimento de mecanismo de avaliação, acompanhamento e controlo do que vão sendo os resultados obtidos com os investimentos e as intervenções que vão sendo feitas".
"Tenho dúvidas que seja possível fazer esse caminho sem rupturas que impliquem em primeiro lugar uma clarificação da missão e do mandato das escolas e do trabalho dos professores. Requer um corte com o passado, no sentido da contratualização e diversificação de instrumentos de intervenção", disse.
Para Maria de Lurdes Rodrigues, "enfrentam-se novos desafios que já não é só a exigência da obrigatoriedade para todos, é a exigência da obrigatoriedade para todos com referenciais de qualidade que antes nunca tinham sido definidos".
"Nunca no sistema educativo português se fizeram tantos exames como actualmente se fazem. Nunca no sistema de ensino se realizaram tantas provas de exame, tantas provas externas que nos permitem aferir não apenas a qualidade do ensino, mas a qualidade das aprendizagens. E esta é uma nova era que se abre", afirmou.
Segundo a ministra, "a qualidade e a equidade vão requerer instrumentos muito diferentes, vão requerer que escolas diferentes sejam tratadas de forma diferente, e portanto políticas como o Concurso Nacional de Professores que trata o sistema educativo de forma cega, acentuando ainda mais as diferenças, vão ter de ser repensadas e alinhadas num novo quadro de políticas educativas".
"Eu diria que a principal característica dessas politicas é a diversidade, para promover a qualidade e equidade", concluiu a ministra.
Alberto Cardoso

quink644 disse...

Belo filme e boa constatação... De facto, vamos rindo mas, se calhar, deveríamos estar a chorar... Vejam a leitura psicanalítica da nova moção de Sócrates:
http://porquemedizem.blogspot.com/2009/01/verdade-inconsciente.html#links

Compadre Alentejano disse...

Gostei muito do filme. Espero que edites mais alguns.
Um abraço
Compadre Alentejano

O Guardião disse...

O Kaos em boa forma e Sua Majestade sempre atenta ao que os súbditos deste país pensam e sentem.
Cumps

SILÊNCIO CULPADO disse...

Pata Negra

Um filme digno duma Palma de Ouro não fossem os actores assim tão mauzinhos!


Abraço

Zorze disse...

Um mundo animal, diria mesmo, um mundo amacacado.
Tal é a macacada que nos governa.

Abraço,
Zorze

Tiago R Cardoso disse...

fantástico momento, espectáculo.

Não comento o teor politico, esse já todos sabemos o estado que está.

Marreta disse...

Já tinha assistido ao filme, mas obrigado pela reposição, é sempre um prazer assistir a longas-metragens destas!

Saudações animais do Marreta.