sexta-feira, 12 de junho de 2009

Leitão à sexta

Nada! Nada! Nada me ocorre! Nada sardinha! Nada porco! Em tempo de sardinhas não se come porco! Estou com uma espinha cravada na imaginação! Estou com uma imaginação suína! Nada me ocorre! Nada! Nada!

A javardice da semana é do Ministério da Administração Interna:
"O MAI jamais pactuará com actos indignos da condição policial como os ocorridos junto à residência oficial do primeiro-ministro"
É o que dá sermos um país de brandos! Mandaram os bonés que compraram com o seu dinheiro, praticaram um acto indigno. Se tivessem desabotoado as camisas, teriam feito sexo? Se tivessem baixado as calças talvez o MAI tivesse percebido que nos gestos simbólicos há sempre um mensagem.
Aos polícias um conselho, em vez de cães polícias, usem porcos polícias! Talvez os vossos chefes vos compreendam melhor se estiverem entre iguais.



Atribuio da insígnia da Ordem do Comentador da Semana
A insígnia é dada à amiga Nocturna, Perdida na Noite. Perdida à Corte vem, pela calada da noite, deixar a luz do seu projector. E projecta sempre bem! Esta semana terminou assim o seu comentário: "De joelhos em terra perante V. Majestade - A fiel súbdita"
Era isto que se esperaria de todos os súbditos mas enfim, há uns mais súbditos que outros. Viva a Nocturna que é a mãe de Angélia!

5 comentários:

antonio - o implume disse...

Já temos porcos no MAI, seguramente... quanto à imaginação isso está a precisar de um copo.

Anónimo disse...

De noite...de joelhos... perante V. Majestade...
Está visto: agora até temos sexo oral para animar a coisa.
Eu, do meu cantinho, fico à espreita de mais desenvolvimentos.

Kaotica disse...

Não quereis V. Alteza ver-me assim prostrada a seus reais chispes!

Mas quanto à falta de imaginação isso eu sei como sarar. Não é com um copo, nem com dois copos: é com uma jantarada libertária para as bandas de Almada. Se ninguém ainda se jogou ao chão rogando a real presença no dito jantar, também não hei-de ser eu a jogar-me. Mas lá que uma atitude digna de um rei, lá isso era!

martelo-polidor disse...

os "plocos" polícias são tão inteligentes ou mais do que os cães, mas qualquer deles superasm os polícias...
desculpa lá mas foi a influência dos "cheneses"
ablaço

martelo-polidor disse...

"superam" porra...