terça-feira, 14 de junho de 2011

Mais um milagre de Fátima

A minha tia foi menina, rapariga, solteirinha, solteirona e agora é beata demais para poder vir a ser santa. Porque respeito muita a sua devoção à Virgem, na preparação da viagem do passado fim-de-semana à Terrinha, passei por Fátima e comprei-lhe uma santa.

Entrei na loja e senti-me intimidado pelo olhar multiplicado das santas multiplicadas, intimidação essa, reforçada pela abordagem da lojista que, ao dirigir-me a palavra em tom de freira, recebeu a minha seca amabilidade:
- Que virgem desejais senhor?!
- Com menos de meio metro e luminosa! É para a minha tia que já está de pés para o Céu e vê muito mal!
- Escolha daqui!
- Mas são todas iguais!?
- Nesse caso tem a escolha facilitada!
- Já estão benzidas?!
Sorriu por me ter descoberto o grau de prática religiosa; é obvio que ninguém vende objectos religiosos já benzidos! Essa operação fica ao cuidado de cada um e foi coisa que, pela pressa, não consumei mas que fiz questão de ocultar à minha tia que também me tem ocultado, com esperteza de sacristia, as contas bancárias e outros bens que aguardo para um dia.

- Tia! Trago-lhe uma prenda! Olhe só para este olhar!... Benzida pelo cardeal de Cracóvia que esteve esta semana em Fátima!

Quando no domingo voltei à casa para engraxar a despedida, estava a velha com toda a velha vizinhança, debitando o terço à volta da imagem colocada em cima de uma mesa na varanda virada ao sol. A minha chegada interrompeu o mistério e disse a minha tia:
- Filho, a santa chora!
- Nesse caso devolvê-la-ei! Ainda está na garantia!
- Cala-te homem do diabo! Olha! Vê!...
Para meu espanto era verdade demais mas não suficiente para erguer a minha Fé - relembre-se o segredo de que não tinha havido tempo para ser benzida!

E cá regressei deixando em paz a Fé dos que a cultivam mas assaltado por um combate interior que me teria de levar ao fundo da verdade.
- Minha senhora! Venho reclamar dum produto que adquiri aqui na passada sexta-feira!
- Lembro-me de si, levou uma Nossa Senhora luminosa! Não me diga que é daqueles que julgam que é preciso lâmpada!?
- Não, a imagem chora e está a perturbar emocionalmente a pessoa a quem a ofereci!

Relatei-lhe os factos e recebi a explicação:
- Como as imagens são arrefecidas em água quando saem da máquina de intrusão, como só depois de cravados os olhos em cera se fecha a cabeça, é natural que com o calor alguma cera se derreta e deixe verter eventuais gotas de água que não tenham escorrido durante o processo de fabrico.

É claro que seria difícil eu convencer a minha tia e as suas vizinhas! Fiquemos pois com mais um milagre!

19 comentários:

opolidor disse...

e vai ser milagre se não fores incomodado outra vez...

abraço

O Guardião disse...

Este milagre tal como o da auréola em torno do sol representam bem a fé de um povo que aguarda por milagres e que nada fazem para atingir um futuro colectivo melhor. Qualquer dia entenderão que "os milagres" "se conquistam".
Cumps

salvoconduto disse...

Deixa-te de pormenores e pormaiores e aceita desde já a minha proposta de fazer da casa da tua tia uma casa de peregrinação com bilhetes pagos à entrada, como se fosse uma dízima. Cera tenho muita, foi o que mais fiz na vida, é só encharcá-la em água, lágrimas garanto-te que não faltarão. É que bem vistas as coisas se estás à espera do dinheiro que a tua tia tem no banco bem podes esperar sentado, ao que consta enterrou-o todo no BPP à espera de milagres.

Anónimo disse...

É tão facil opinar-se sobre os outros, fala-se do que se sabe e do que NAO se sabe...e aqui ainda que tenha muita razao o Sr. Guardiao qdo o afirma: "os milagres conquistam-se" sim, mas nem é disso que ninguem esta à espera, a nao ser que o facto de me querer fazer entender a todo o custo para pessoas de planetas diferentes tbem seja querer um milagre, sim parece que so um nos pode salvar (mas o outro sr. tbem tem razao alguem qdo fala em "incomodar", fez-me ver mais nitido, daí ficar a promessa que vou tentar nao voltar a ser fraca e a encaixar de uma vez que JAMAIS vou ser entendida, deve ser o preço que tenho de pagar, so pode, e detesto santos caso nao tenha reparado passo a vida a reconhecer erros, coisa que nao vejo muitas vezes nos outros, daí secalhar temos de balançar isso na balança e verificar quem tem o grau de santidade mais elevado). Cumptos

Anónimo disse...

o silva mudou de sexo... bem haja.

Anónimo disse...

milagre, milagre...

antonio ganhão - o implume disse...

Há muito que desisti de investir na salvação da tua alma. Talvez fosse ainda a única coisa que se pudesse salvar.

A Santa retribuiu à tua mentira com uma piedosa oferta à tua tia: chorou. E por dentro ficou-se a rir, pois tu foste mais um (improvável)instrumento de um dos seus milagres.

Manuel Silva disse...

Lá está o Solarina, outra vez transvertido em anónimo, a dizer disparates. Neste "post" passo. Eetou de férias.
M. Silva

Anónimo disse...

Opa têm toda a razao sou mesmo do piorio, mentir entao é do que mais me acusam a toda a hora, à conta disso ja tenho varios cargos na politica e vivo à fartazana com todo o meu jeito para jogadas e cenas dessas! Nao se esqueçam suas santidades de serem todos muito muito, muito, muito felizes!!!
Amén!

Enfim nao ha pachorra!

15 de Junho de 1904

O Guardião disse...

Obrigado por me ter deixado o aviso, porque foi para mim um surpresa. Ia a dizer que tinha sido um milagre mas prefiro não ser alvo de interpretações malévolas.
Cumps

Anónimo disse...

Tenho de comentar!Pois enquanto lia---levei todo o santo tempo a rir---achei muita piada a algumas frases---uma das quais---

Que virgem desejais senhor?!.

Obrigada pelo bom momento de humor! Também tenho uma virgem mas não chora...

Anónimo disse...

Se podia responder, podia mas nao era a mesma coisa...Bons sonhos a todos e andam um pouco nervosos e negativos demais, va la contenham-se mais, para quem nunca erra isso ate vos fica mal.

Directamente do Inferno, para os anjos do céu

Ferroadas disse...

Milagre foi teres conseguido arranjar dinheiro para pagar a dita, nos dias que correm, isso sim, é verdadeiro milagre.

Abraço ensopado em lágrimas

Anónimo disse...

alimentar o ego deste bicho não adianta muito; este gajo quer audiência e,coitado, só com colete de forças...
vá lá, espuma da boca e esperneia.

O Puma disse...

Meu caro
o seu texto foi uma benção

Tenho por cá umas santinhas
de Fátima e outras paróquias

que fazem milagres
dos mais fáceis de explicar

mas não choram

Acha meu estimado amigo
que as posso vender já
ou sugere que devo deixar passar a crise

Abraço amigo

Zé Marreta disse...

E assim se alimentam os milagres. Mas este não será um milagrezito apenas, comparado com santas que choram sangue?

Saudações.

JFrade disse...

Eu também tenho cá em casa uma santa que chora.
De facto a minha sogra - aquela santa -, quando temos algum desentendimento, chora e lamenta-se dizendo que eu não gosto dela. É mentira. Eu adoro-a. Desejo até que ela se liberte dos sofrimentos terrenos e goze, tão breve quanto possível, o leite e o mel prometidos, nos céus, às pessoas como ela.
JFrade

Kruzes Kanhoto disse...

Porque será que de vez em quando aparecem santos que lacrimejam mas NUNCA há nenhum que se peide!

Fernando Samuel disse...

Um milagre destes - e assim contado - ou dá beatificação ou dá prémio literário...

Um abraço.