domingo, 20 de maio de 2012

Quem tem um patrão tem tudo


Por favor senhor Coelho não me despeça que preciso de ganhar a vida!
Sim, pode baixar-me o salário - a crise quando toca, toca a todos! …
Sim, posso trabalhar mais umas horas – temos de baixar os custos do trabalho! …
Mas por favor senhor Coelho não me despeça!

Eu sei que exagerei, fui dois anos seguidos para a praia, fui à Galiza numa excursão de tachos. Como se não bastasse, pedi dinheiro ao banco, meti-me num apartamento e comprei um carro alemão.

Tenho contas a pagar, por favor senhor Coelho não me despeça!
Lá em casa já tenho dois no desemprego e já não tenho força para emigrar.
O filho estudou não sei para quê, a mãe fez uma greve e veio para a rua.
Tenho de sustentar aquela gente senhor Coelho! ….
Prometo que não vou em sindicatos e que venho trabalhar no 1º de Maio.
Mas por favor senhor Coelho, não me despeça!

Sim senhor Coelho! Este governo é muito bom!
Este era o único país da Europa onde não se trabalhava no 1ºde Dezembro!
A Inglaterra por exemplo, não festeja o dia da República! ...
Sim senhor Coelho, vivemos acima das nossas possibilidades!
A malta estava cheia de regalias! As greves é que deram cabo disto tudo!

Este governo é muito competente Senhor Coelho!
A malta queria médicos à borla e escola para os filhos sem pagar!
Mas por favor senhor Coelho não me despeça!
A vida está má para os pobres mas os ricos também têm dificuldades!
Por favor senhor Coelho não me despeça!
Quer que eu dê umas voltas a ver por onde anda a sua mulher?
Com certeza Senhor Coelho! Eu faço tudo desde que não me despeça! ...
Quer dar umas voltas comigo?!
Aí paras Coelho!

Espero sinceramente que chegue a altura em que o povo diga não!
Entretanto, segundo as sondagens, os partidos que nos trouxeram até aqui continuam a liderar as intenções de voto.

18 comentários:

samuel disse...

E, infelizmente, continuarão... até que chegue essa altura... que tarda!

Abraço.

Maria disse...

Para alguns nem aí o coelho pára!
E este povo leva muito tempo a abrir os olhos. Acho que só com saca-rolhas...

Bom domingo, com sol ou chuva (que também é precisa).

maceta disse...

ele é que tem que ser despedido e responder pelas patadas que já nos deu...
abraço

Zé Povinho disse...

Há muito quem se encolha, que se acobarde, mas cada vez são mais os que são lixados e estão agora a ver que não vale a pena ser-se tão humilhado. Um dia destes isto tem que parar, e serão muitos os que se irão denominar a si próprios de revolucionários e resistentes...
Eu já assisti a esta cena.
Abraço do Zé

M A R I A disse...

Olá Majestade, desculpe, tenho que repartir o que vou dizer em vários comentários a pedido do google que só aceita o máximo de 4096 caracteres por comentário. Assim vai, pedindo desculpa pelo mau jeito e pela incapacidade de síntese :) Um beijinho amigo ,Maria
*************

Aquando das últimas eleições legislativas, mostrava-se à evidência que as circunstâncias do País iam redundar naquele resultado eleitoral e seria inevitável formar governo sem que ficasse no lugar de 1º Ministro quem ficou.
A minha grande apreensão quanto a isso prendia-se com fundamentalmente, não com a maior ou menor competência para o cargo, tanto mais que se sabia já que quem quer que ficasse tinha que aceitar o trato económico de poder já definido, mas com a aparente inexperiência humana de Pedro Passos Coelho, a sua falta de "coração".
Quem nunca ficou privado de um ordenado e passou fome, quem nunca precisou levar um filho ao médico e não tinha dinheiro para o transportar e para pagar uma consulta , quem nunca entrou de urgência num hospital sem ter dinheiro para pagar uma taxa moderadora , como poderá compreender quem já o passou ?
Não pode.
Faz uma ideia.
Uma ideia diferente da formada após a experiência feita.
(Continua)

M A R I A disse...

Mais, quem tem recursos, pensa sempre que tem, porque tem mais qualidade, soube fazer melhor a vida, portanto quem vive dificuldades, tem sempre alguma culpa nisso.
Se eu militasse num partido possivelmente poderia ter hoje muito dinheiro. Pode assim dizer-se que ao escolher outro tipo de vida, me conduzi às circunstâncias da vida que tenho hoje. E assim respectivamente com cada um...

Ora nem as coisas são o que muitas vezes parecem, diria mesmo que quase nunca são e também me parece fundamental para Governar bem, criando crescimento com o mínimo sacrifício para o Povo é preciso amar essa gente da qual se proveio .

Muitos políticos simplesmente olham para os Portugueses não só sem orgulho, como considerando-os gente menor.
Não digo que seja este o caso em concreto de PPC, agora que a sua governação se pauta por uma aparente insensibilidade, a que chama pieguice, aos problemas que afectam as pessoas para quem Governa, isso parece-me óbvio.
(continua)

M A R I A disse...

É um homem frio que aplica um conjunto de regras indiferente ao que possa provocar na vida dos destinatários dessas normas.

É uma pena, julguei que ele, jovem ainda, empreendedor, desde sempre empenhado politicamente se empenhasse mais numa postura de crescimento económico e demonstrasse solidariedade humana pela situação em que ficou o País com responsabilidade para todos os que permitiram que aqui se chegasse e não apenas deste ou daquele.
No entanto , para ser justa há algo que entendo sublinhar como positivo na sua governação : face a um certo descrédito em que aparentemente Portugal se encontrava, ele adopta a postura de um homem que procura ser visto como um homem de honra e de palavra. E nesse exclusivo ponto de vista parece-me que exteriormente recupera um pouco de uma imagem de seriedade que desde Egas Moniz alguns em Portugal procuram manter, apesar de tudo.

De resto, não se percebe se tanto sacrifício dos mais pequenos é por incompetência, por não saber repartir melhor sobre quem fazer recair encargos, se é porque estas pessoas não se defendem, dificilmente podem, ou se é porque as grandes fortunas são mesmo inatacáveis e corta-se apenas aonde se pode, não sei compreender o que seja, mas há uma aparente injustiça que mal se entende e que piegamente confesso me dói ver , sofrer também e tudo ter que calar.

Quando se diz para o Povo acordar esquece-se algo que se eu fosse política chamariam demagogia, mas como não sou, sou uma mera mulher que como Maria se assina posso dizer : o nosso Povo tem caracteristicas de caácter muito elevadas. Nunca me recordo de uma acção neste Povo ter sido adoptada colectivamente sem responsabilidade, sem pensar no depois. Sabe estar, sabe sofrer, sabe gerir o pouco que tem e ainda sorrir. A verdade é que dentro do panorama político sem renovação que temos em Portugal há anos consecutivos, afastar estes, seria para colocar quais? Melhores ? Piores? Com todo o respeito, já conviveram tanto entre todos que já pouquíssimas diferenças lhes vejo.

Logo é necessário renascer civicamente, movimentos cívicos de gente séria e competente que pelo menos assinale os problemas e aponte possível solução, isso é que falta.

Mais que nunca´era necessário trazer "sangue puro, no sentido de pessoas apolíticas" mas capazes, com competências suficientes para propor e implementar mudanças positivas e devolver aos Portugueses alguma qualidade de vida.

Resta-me saber se lá na Fábrica aonde trabalho o patrão não me despede depois desta :)

Anonymous vero disse...

Gosto muito desta M A R I A, a que trata o Rei por Majestade, a dos beijinhos dizia o outro, e pouco daqueloutra MARIA, tu cá tu lá com o Rei e que lhe amanda abraços. Esta pretende ser de sangue azul enquanto a primeira revela ser um senhora. Quando leio um dos seus comentários, sinto a alma lavada tal a delicadeza, perspicacia e a fina ironia com que trata os assuntos, qualquer assunto.
O comentário de hoje vem confirmar o que atrás digo. Desta vez não há ironia porque o assunto é serio. Mas a perspicacia e a delicadeza estão lá. Para afirmar o que pensa, a M A R I A, não necessitou de ser rude ou indelicada.
Os meus cumprimentos.
Anonymous vero

O Puma disse...

Um dia a casa vai abaixo

Não há Coelho que sempre viva

Novas oportunidades não faltam

heretico disse...

qualquer dia arrematam-se votos nas "praças de jorna". por uns cêntimos...

cid simoes disse...

Só os pobres coelhinhos estão sujeitos à mixomatose. Que injustiça!

lili canecas disse...

Desta vez a nossa amiga Maria deixa V. Majestade a pensar: "Maria não és dos meus".
Eu penso que a Maria e V. Majestade têm razão numa coisa, olham para os desprotegidos da vida. Será?

Peta Negra disse...

Qual delas? A MARIA ou a M A R I A?

A. Aleixo disse...

A vida é filha da puta,
A puta é filha da vida.
Nunca vi tanto filho da puta,
Na puta da minha vida!

Um Engenheiro disse...

Um jovem par passeia no campo.

A um dado momento vêem um burro com o sexo completamente de fora.
A rapariga (loura) pergunta:
- Amor, o que é aquela coisa que sai do burro?
- É o sexo do burro, querida!
E, de repente, a rapariga (loura) desmaia.
O seu queridinho consegue reanimá-la ao fim de uns minutos e pergunta-lhe:
- O que é que te aconteceu?
- Querido... se um burro tem uma daquele tamanho, nem sequer ouso imaginar o tamanho da tua, que és engenheiro!!!

Optimista disse...

Acordei, levantei os braços, mexi o joelho, virei o pescoço...
Tudo fez “crec”.
Cheguei a uma conclusão: Não estou velho, estou crocante!!

Quem leu estas preciosidades disse...

(Excertos de autos elaborados pela GNR e PSP, peças processuais e diligências)

- Um agente da PSP desloca-se à residência de um casal que anda desavindo e escreve no auto de notícia que:
"O sr. x anda muito frustrado porque pagou cerca de 5 mil euros pelos implantes mamários da sua mulher e suspeita que outro cidadão está a usufruir desses dividendos".

- Escrevia um GNR num auto de notícia:
"Numa acção de fiscalização, estando eu de arvorado ao carro patrulha, mandei parar o veículo supra identificado e pedi ao condutor os documentos pessoais e da viatura. Em resposta, disse-me aquele que, se o autuasse me iria ao cu, o que fez três vezes."

- O GNR participa o acidente e explica que: "Naquele local o asfalto da estrada era de terra batida". E diz mais que: "O gatuno era "herdeiro e vozeiro naquele tipo de condutas"".

- Auto de notícia em que se diz que: "A ofendida foi encontrada em "lã-jeri". E que: "O arguido era "de raça nómada".

- Auto de notícia:
"O arguido resolve acabar o seu requerimento de uma forma cordial: " Pede deferimento" e logo a seguir ... "As minhas sinceras condolências".

- Auto de denúncia:
"O denunciado proferiu vários impropérios na Língua de Camões e também em língua francesa"

- Auto de denúncia:
"O individuo trazia o produto estupefaciente junto do órgão genital masculino, vulgo pénis"

- Auto de denúncia:
"Enquanto proferiam tais ameaças permitiam-se ainda chamar nomes ofensivos tais como: "puta, vaca, jornalista, advogada, ladra, que era boa era para ir para a Ordem dos Advogados".

- Auto de notícia:
"Um arguido antes de bater no ofendido atirou-lhe com uma caixa em plástico, "nomeadamente um tampa-roer".

- Auto de notícia:
"O arguido atirou um paralelo-ipípado".

- Auto de denúncia: "O arguido trazia uma techerte azul às riscas".

- Auto de notícia: "Os meliantes colocaram-se em fuga, ao volante de uma Picap"

- Na sequência de uma queixa por crime de furto de um veículo a GNR informa que recuperou a dita viatura no entanto a mesma "vinha cheia de moças".

- Caso de uma averiguação de causa de morte em que foi determinada a "autópsia parcial" do cadáver.

- Auto de notícia: "Em que a GNR denuncia o furto de 24 galinhas das quais uma era galo.

- Auto da GNR, em que se diz que foi apreendido ao arguido um "chizato" e uma "bassoira".

Sad do Benfica disse...

COMUNICADO da BENFICA SAD
O Sport Lisboa e Benfica, SAD, comunica a todos os sócios, adeptos e eventuais interessados
que a ÁGUIA VITÓRIA está grávida.
Foi o DRAGÃO que a violou...
Sacana!*
L.F.Vieira
*Da Águia. Eu que sou o Presidente...