sábado, 23 de dezembro de 2017

Natal de quem?

As coisas por aqui não estão a ficar muito famosas. O espírito natalício tem fome, devora tudo, nem que seja um porco, rei, infante, pata negra ou atravessado, vai tudo!


Imagem por via do Avinagrado

1 comentário:

Rogerio G. V. Pereira disse...

Vês?

Ao menos estes amigos
não vão em racismos

Abraços natalícios