sábado, 19 de março de 2011

Dia do Pai

Ela já topou que existe algo que se passa com alguns serões do pai - um dia perguntou-me mesmo se "blogs" é alguma raça de porcos. Se o pai passa tanto tempo com imagens de porcos num reino de leitões, vai gostar. E gostei.


Num 19 de Março há muitos anos, a minha irmã ofereceu ao meu pai um ramo de flores que muito sensibilizou o prendado pois foi prática consumista novidade lá no lar. Durante o jantar, o acontecimento foi até tema de conversa e, como nunca foi família de segredos no que toca a despesas e receitas, o preço do arranjo caiu na mesa que nem uma bomba. O pai surpreendido pelo valor da despesa descaiu-se inocente:
- Por esse preço bem que me podias ter oferecido um garrafão de tinto!

O espírito do presente de necessária utilidade sempre foi regra lá da casa e, daí para a frente, as jarras continuaram só com flores do campo ou do jardim da mãe.
Tantos anos passados, as prendas do Dia do Pai voltam a dar que falar, agora no meu novo lar pequeno-burguês. Se a mais nova se ficou pela imagem, o mais velho ofereceu-me um moto-serra.
- Útil?! Foram os malditos jogos vídeo! Um mestiço encorpado percorre as ruas de um ambiente urbano americano e ataca tudo e todos com variadas armas entre as quais, cheira-me que não faltará um belicoso moto-serra!
Irado atiro à mãe:
- Temos de acabar com essa maldita Playstation 2!
O meu filho atento, corre do quarto e interrompe:
- Boa pai! Vem aí o Dia da Criança e eu ainda não tenho a Playstation 3!?
A patroa leitoa acha que o presente da menina é um sinal de que os leitõezinhos cá da casa também precisam de atenção e que o presente do menino vem na sequência de termos passado o Inverno com a lareira a meio gás, isto apesar de termos lenha para traçar!
Afinal de contas tive presentes úteis. Talvez a minha irmã, na Páscoa, me ofereça um garrafão de pinga!

23 comentários:

Mocho-Real disse...

Ora bem, nada como o que é verdadeiramente útil!
E foi assim pensando que, hoje, ofereci um presente aos pais de Portugal.

A propósito, sabes o que é A TUSA?
A resposta está no Sino e
n'Os Bigodes do Gato.

Bom dia do Pai!
Um abraço.

A. João Soares disse...

Caro Rei,
Oferecer coisa útil exige que se conheça bem a pessoa e a necessidade que tem de algo. E hoje, na correria stressante, do dia-a-dia, as pessoas nem pensam bem na própria vida e muito menos na dos seus próximos.
Na generalidade dos casos, a prenda só dá prazer antes de rasgar o embrulho, depois há um esgar de simulado prazer e depois o pôr de lado. Felizmente nem sempre é assim.

Abraço
A. João Soares

Boris disse...

Pata Negra, Pata Negra
está tudo a desvirtuar
pois quem não tem que comer
como pode assim esbanjar?

O teu pai tinha razão
com o arranjo floral
p´ra quem não tem capital
tem que ver com precisão

se o que gasta é bem ou mal
em cada ocasião.
Temos que saber amar
com amor e coração.

Por isso, pai Pata Negra,
em nome de todos os pais
deixo-te este meu poema
que vale mais que os demais.

Vale porque pus só nele
a justiça e a razão
e enterrei o consumismo
a quatro palmos do chão.

Viva o que nós mais gostamos
tens aqui o teu tintol
e um gosto de maresia
nesta semana sem sol.

Pata Negra, Pata Negra
tens aqui o teu tintol
símbolo de todas as sagas
em busca de paz e sol.

Pata Negra, pata negra
eu quero brindar contigo
no sonho dum mundo novo
onde eu seja teu amigo.

joshua disse...

Dêem-me livros, dêem-me jogos, canetas e candeeiros, dêem-me tudo, mas não soneguem o meu garrafão de cinco litros.

PALAVROSSAVRVS REX
(Grávido)

O Guardião disse...

A utilidade versus consumismo, mesmo na comemoração de algumas datas festivas. Concordo, é sempre bom ter princípios, digo eu, que também fiquei à espera de um palhinhas de 5L, mas a prole nem sabia o que isso era, e limitaram-se a uma visitinha que já foi uma surpresa muito agradável cá para o velho.
Cumps

quintarantino disse...

Passei mesmo só para desejar uma Santa Páscoa!

MARIA disse...

Viva Majestade:

É sempre muito bom receber o carinho dos que nos são próximos e tanto significam para nós.
Parabéns ao papá que tão mimado é !
:)
Bom eu pensei, pensei, mas confesso que não me ocorreu o que de útil podia trazer a vosso Reino.
Ainda me lembrei de espalhar pelas terras de Vª Senhoria muito chocolate, mas logo me ocorreu que haviam de dizer que andava a " roubar os cereais ao chocapit"
E assim sendo, à falta de prenda útil, deixo-lhe desejos de uma Páscoa muito abençoada e tanto quanto possível feliz para si e todo o Reino e
Um beijinho muito amigo
da
Maria

Anónimo disse...

Olá Cunhadito
Só passei para te dar uma grande beijoca.
Adora ler o teu Blog.
És o maior Rei dos Leitões, mas um Rei muito resmungão.
Da tua Cunhadita Preferida.

Pata Negra disse...

Mocho
Os pais de Portugal têm tusa, se não a tivessem não seriam pais. Ou será que já não a têm?!
Um abraço de pai

A.João Soares
Que todas as prendas venham ao encontro de aquilo que precisamos!
Um abraço de Rei

Pata Negra disse...

Boris, como eu aprecio e reconheço as tuas quadras!...
Talvez um dia, quem sabe, partilhemos um tinto regado com desgarrada! Hoje não rimo!
Um abraço

Pata Negra disse...

Joshua,
também contigo espero beber um dia um tinto, rei da palavra! Feliz gestação!
Um abraço com ceia de Cristo

Manel disse...

Pai Pata Negra, em nome de todo o Reino desejo-lhe uma Páscoa Feliz e um tintol de 5 l. Para os leitõezinhos muitas amendoas.
Um abraço do Manel.

Pata Negra disse...

Guardião
Estás a ver? Melhor prenda que uma visita só mesmo uma visita que traga um vergas para animar a visita!
Um abraço guardião

Pata Negra disse...

Quintarantino
Calma! A Páscoa, Passagem, Ressureição é só no Domingo!
Hoje é quinta de Última Ceia, amanha sexta de Paixão, depois Sábado sem missa e só depois a festa!
Um abraço de jejum

Pata Negra disse...

Maria
A tua visita é sempre útil, estarei a utilizar-te?
Não! Amiga! Amiga! Amiga!
Um abraço! Um abraço! Um abraço!

Pata Negra disse...

Chunhadita,
tu fartas-te de trabalhar, os teus filhos dão-te muito trabalho, o teu marido é um preguiçoso como o irmão - só invejo uma coisa em ti, sabes o que é?! - a idade!
Como é que tu vieste descobrir o meu reino?
Por segurança não convêm identificares-te desta forma, para a próxima usa um nick mais secreto, por exemplo:
"Cunhada a Ouro"
Um abraço até a 2ªfeira da Páscoa

do Zambujal disse...

À nossa!

Nada como um bom tinto!

Que os nossos filhos se lembrem de nós!

Abraço inter-paters

Alberto Cardoso disse...

Lá em casa também não havia presentes de aniversário. Como o meu irmão era deficiente não havia motivo para festejar. E se não havia festa para um, não havia para ninguém.
À nossa, Majestade!
Alberto Cardoso

Ferroadas disse...

Em vez da burguesa moto-serra, porque não o proletário machado.

Cá pela barraca a lareira só recebe palitos e fósforos inúteis, não cabe lenha de azinho, sobreiro e afins, prefiro o "higiénico" aquecedor.

Abraço de lenhador

Zé Povinho disse...

Aprender a ter mais sentido prático e a reconhecer a utilidade das coisas é sempre de muita utilidade, meu caro.
Aproveite bem o dia.
Abraço do Zé

samuel disse...

Muito bom!
Um garrafão de pinga, não digo... mas outro "pirata", já marchava.
Gostei de te encontrar!

Abraço.

opolidor disse...

A mim, a minha deu-me um after- chave, acho que é assim com o tal A Ort.
abraço

Cristina Torrão disse...

"Por esse preço bem que me podias ter oferecido um garrafão de tinto!"

Esta fez-me lembrar o aniversário de uma senhora amiga, que fez 70 anos, festejou num restaurante e, claro, além dos convidados amigos, fartou-se de receber prendas dos filhos e dos netos. Vai daí, no fim, o marido da senhora, examinando o monte das prendas, sai-se com esta: "Logo hoje, que não trouxe o carro, há tanta tralha para levar!"

O português, na sua singeleza, sempre tão romântico com a sua senhora e tão simpático com os convidados ;)