sábado, 16 de junho de 2007

Portugal Profundo

Quem chamava alarmistas aos que iam mostrando inquietação com os tiques autoritários do governo, quem retorquia sempre com a necessária e suficiente liberdade de expressão, talvez comece agora a perceber que estão a acontecer coisas que já não aconteciam há trinta anos:

António Caldeira, autor do blog "Portugal Profundo":

"Já me tinham chegado uns zunzuns sistémicos, mas não quis crer...
Acabo de ser convocado para prestar declarações como arguido no âmbito de inquérito judicial relativo ao assunto do percurso académico (e utilização do título de engenheiro) de José Sócrates Carvalho Pinto de Sousa - além de outra convocação para depoimento como testemunha noutro inquérito relativo ao mesmo Dossier Sócrates. Desconheço o(s) crime(s) de que sou arguido - tendo sido eu que investiguei e publiquei este Dossier, depois desenvolvido na blogosfera e nos media".

Visita o blog Portugal Profundo e deixa uma mensagem de solidariedade!

Estranho, muito estranho, depois do Charrua... um governo socialista... o silêncio dos media... sócrates sempre no meio...estranho... muito estranho...

5 comentários:

Carreira disse...

Criei um blogue de opinião que agora estou a divulgar.
Se tiver interesse, não deixe de fazer uma visita: http://www.cegueiralusa.blogspot.com/
Caso goste, por favor divulgue, pois pretende ser mais um espaço de discussão em busca de uma cidadania mais activa.
O meu muito obrigado.
Com os melhores cumprimentos,
José Carreira

António Balbino Caldeira disse...

Grato pela solidariedade expressa, João Rato. A luta continua!

Kaotica disse...

Olá

Tens um desafio aqui:

http://opafuncio.blogspot.com/2007/06/resposta-ao-desafio-sobre-leituras.html

Por favor vai ver e se puderes dá continuidade.

Um abraço

CORCUNDA disse...

Como é que chamavam os gajos que tomavam conta da segurança nacional no tempo da velha senhora?...
Abraço.

João Rato disse...

carreira:
já vi e com merecido tempo irei prestar a devida atenção.

caldeira:
a hora é de isso mesmo,
o caso não é pra menos.
força e abraços!

Kaótica:
já respondi em parte, a outra parte é mais difícil.

Corcunda:
não tinham o nome que têm hoje mas tinham a mesma ideia: derrubar as sombras que lhes tiram o sol!
abraços