terça-feira, 18 de setembro de 2007

Os Prós da Ministra

A propósito do programa de televisão Prós e Prós que ontem foi da responsabilidade da ministra, tenho este comentário a fazer:
A imagem é obviamente do Kaos mas a lembrança é do blog Sinistra Ministra

8 comentários:

Zé Povinho disse...

Os Contras, como eu, que já não podem nem ouvir a senhora.
Abraço do Zé

Flávio Josefo disse...

Não sei se foi do ar marítimo, mas ando um pouco com aversão a politicóides e afins. Não consegui ver a ministra ou a Fátima, temi a fase seguinte da alergia... a borbulhagem.

Metralhinha disse...

Não vi e não lamento. Já não tenho paciência para esta gente.
Só gosto da Fatinha, faz-me lembrar um ponto sempre a querer pôr as palavras nas bocas dos actores.

Kaotica disse...

Não sei se o momento é oportuno mas venho aqui dar-te mais um prémio, os amigos são para essas coisas e tu mereces!

Quanto à ministra não lhe dou nenhum prémio nem lhe auguro um bom futuro, talvez uma imagem valha mesmo por mil palavras!

Também já recorri a ela e está sempre a vir-me à ideia.!

Um abraço!

Watchdog disse...

Só passei para te dar um abraço (ando com falta de tempo)... subscrevo o metralhinha!

CIAU!

João Rato disse...

zé povinho
estou no mesmo barco, vi um bocado por dever, mas é daquelas sessões que nos leva a concluir: eu vou mas é prá cama!...

metralhinha
quase que me deu vontade de substituir o teu comentário pelo post.

kaótica
vou já ao Pafúncio a correr.

watchdog
vê lá se andas atento, a próxima campanha do governo dizem que vai ser dar tempo!

abraços à malta e obrigado

MARIA disse...

Ai esta Senhora, pois custa tanto vê-la . Só a imagem já contorce a alma e o cérebro. Ainda espera que a ouvisse ? Mas ela fala ? E quando fala , dirá alguma coisa ?
Enfim, como digo , ultrapassar a barreira da visão já é muito complicado, para mim, lamento ...
Se calhar faz uns ruídos . Por isso todos se queixam.
Com esta, naaaa se vaiiii laaaa.

João Rato disse...

Maria
Popular como esta senhora, só a Cruela dos 101 dálmatas. E aqueles secretários de estado, Não fazem lembrar os ladrões dos cães!?