quinta-feira, 4 de outubro de 2007

5 de Outubro

Nunca fui trabalhar no dia 5 de Outubro. Nunca festejei o 5 de Outubro. Só festejarei o 5 de Outubro se o discurso do Presidente da República considerar as cinco seguintes exigências:
1- Que Duarte de Bragança renuncie de uma vez por todas ao trono;
2- Que Mário Soares não volte a dizer que é republicano e socialista;
3- Que a Maria de Lurdes não ponha mais os pés na 5 de Outubro;
4- Que o José Pinto de Sousa deixe de se armar em monarca absoluto;
5- Que o blog Rei dos Leittões passe a chamar-se República dos Leittões.
Caso estes pontos não sejam contemplados, continuarei a entender Portugual, não como uma república mas, como um reino do faz de conta!
- Abaixo o Rei! Viva o Rei! Abaixo a República! Viva a República! E em qualquer dos casos, Duarte, Mário, Maria, José, fora daqui! Convosco este território nunca será nem reino nem república, será a vossa coutada!...
Nunca irei trabalhar enquanto não me tirarem o feriado, já faltou mais....

15 comentários:

Quintarantino disse...

O menino estás-se a candidatar... ai, está, está... então D. Duarte Nuno havia de renunciar ao trono porquê? E onde haveria o homem de fazer as suas precisões? Ah, perdão, pensei que era desse trono que falava...
Republicano e socialista o Dr. Mário Soares? Ora, deixe ver... é bem capaz de ser hiper republicano e socialista em estado puro e selvagem... sim, só pode... surrealista é o socialista que está hoje aos descomandos da Nação... e nem sei se o homem não é monárquico...
Lá dos outros dois é-me indiferente... quer dizer, espera aí, o Pinto de Sousa é o gajo dos apitos dourados ou o outro? Olha, que se f... à mesma!
E sobre a mudança de nomenclatura eu proporia antes República Popular Anarco Sindicalista Clerical Ateísta dos Leitões...
Eu trabalhar, não trabalho... mas vou ter de me levantar cedito... tenho de dar de comer aos leitões....

7 Pecados Mortais disse...

Venho aqui mais uma vez felicitar-te. Desta vez por saber que a tua disposição consegue ser maior que a dor da tua alma. Em parceria com "Valores Portugueses", tenho tentado prestigiar os "Nossos". Tenho tido uma participação cuidada, relativa e recaio mais para a parte desportiva. Como "Nómada" (Valores Portugueses) diz, o que importa é revelá-los, quem revela não interessa. Contudo, não pude ficar indiferente ao teu comentário e venho desejar-te força (embora sei que já a tenhas), contudo espero que tudo corra bem no presente e no futuro. Tens de ter uma força muito grande pois consegues estar para o Mundo, embora ele por vezes não esteja para ti. Forte Abraço

martelo disse...

a 5ª condição resolve-se

Marreta disse...

Já faltou mais porque isto vai transformar-se numa monarquia ou porque para bem da produtividade nacional, além de nos reformarmos mais tarde e de trabalharmos mais horas vamos também ter que alinhar aos feriados?

MARIA disse...

" República dos Leittões" ...
Soa bem ... É um nome que fica...
Mas não há como o "Rei dos Leittoes". Se cair também essa real casa, então não haverá mesmo mais coroa a que prestar vassalagem.
Bom 5 Out.
Melhor fim de semana a todos os amigos e amigas do Trono.
Um bj
Maria

João Rato disse...

Quintarantino
Obrigado pela interpretação profissional que fizeste. Um nome tão comprido para uma República cheira a nome de gente com casta de nobreza. De qualquer forma, quiçá um dia a coisa descambe para coisa parecida.
Também eu amanhã cedíssimo... talvez nos encontremos sem darmos por isso. Bom 5!

7 pecados mortais
Há força em todas as fontes. Parabéns pelos teus-meus-nossos valores.
Um abraço sem pecado.

João Rato disse...

Martelo
E as outras condições também, eles, tal como nós, não hão-de durar sempre.
Marteladas nesses pregos!

Marreta
Vontade não lhes falta. Não fosse a nossa luta e já seríamos, a esta hora, meros escravos dos senhores!
Por vezes revolta-me a memória de um século de conquistas de tantos lutadores que já lá vão, para agora, um bando de falsos socialistas darem cabo de tudo com três pancadas. A afronta chegou ao ponto de chamarem aos direitos, regalias, aos trabalhadores,colaboradores, à propaganda, democracia, aos seus dividendos, serviço público, etc. etc.
Um abraço miss pig!

Maria
Concordo, rei tem coroa!
Bom 5 e não caias na esparrela de seguir as comemorações!
Um beijo cortês

Jorge Borges (Savonarola) disse...

Caro João Rato,
Também nunca festejei essa data. Não que não a respeite - o meu avô era republicano anti-fascista, por exemplo, eu, pelo meu lado, sou republicano e anarquista - mas porque actualmente não passa de uma efeméride em que o PR lá bota faladura e todos adormecemos, ou mudamos de canal... Sempre foi assim comigo.
No entanto, concordo com as tuas propostas, mas acrescento-lhe uma ideia: que o blog Rei dos Leittões ofereça leitão assado (ainda que virtual) aos seus comentadores no 5 de Outubro!
Um abraço solidário

O Guardião disse...

Bom humor é o que não falta por aqui, e como cada vez é mais raro nesta república - monárquica, o meu bem haja, Sua Majestade -Presidente.
Cumps

Odysseus disse...

Segundo se diz o D.Duarte nem manda em casa, quanto mais mandar em Portugal, renunciar o único alimento lá para casa? Dúvido.

Moriae disse...

A mim soube-me bem o feriado e acho que o trabalho poderia ser abolido (não sem opção tal como fazem estas políticas). Assim, libertariamente ociosa ...
Abraço a todos!

Metralhinha disse...

Que o blogue continue com o mesmo nome: a monarquia é o regime do único, por isso o Rei dos Leitões é único.

Tiago disse...

Pá, condições dessas são difíceis de satisfazer... Principalmente a última! LOL!

Fica bem ;)

João Rato disse...

Savanarola
Xiu! Fala baixo! Haverá leitão quando nos juntarmos para conspirar contra esta velha e pôdre república - será brevemente!
Um abraço anarquista

João Rato disse...

Guardião,súbdito e cidadão, obrigado pela consideração, mas a nova república não terá presidente, terá guardião.
Um abraço republicano

Odysseus
Mando por desmando, Duarte ou Aníbal, a Pátria está assim!...
Abraço do Rei republicano.

Moriae
eu só aceito trabalhar no 5 de Outubro se em troca não tiver que trabalhar os outros dias do ano.
Um abraço lazeirento

Metralhinha
Nunca desobedecerei a um bom ladrão, se tu dizes para se manter o nome, manterei o nome.
Um abraço com dono

Tiago
Enfrentemos o difícil pá!
Um abraço fácil