sexta-feira, 2 de abril de 2010

Santa sexta-feira

Ressuscitarei

Sexta-feira Santa. O que contam para mim estas datas do calendário católico? - Contam!

Não tenho segredos no que toca à minha relação com Deus!
- Deus?! Oh Deus! Que Fé a minha! Estamos cá, é Páscoa!

Não sei se acredito no Deus dos Judeus, ou noutro, mas uma coisa que não sou é "católico não praticante"! Quando muito sou "culturalmente católico". De outra forma não estaria aqui a recorrer a imagens para assinalar este tempo. Não me vou esticar mais, a minha vida pessoal, o ponto em que estão as minhas batatas, a minha triste conta bancária, não são para aqui chamados!
Sou pacato, tenho sido um livro aberto revelando as páginas esborratadas, amarrotadas, dobradas, sublinhadas, enfim, abertas.

E, nesta parte, como tenho pecado um pouco pela ingenuidade, direi apenas, respeito! Respeito tanto, que me limito às imagens.

Esta imagem é uma repostagem - repostagem, palavra nova! - talvez a imagem seja suficientemente expressiva para revelar a minha relação com a Páscoa.
E se não revelar? O que é que isso importa?
O tempo da semana que mais gostamos é sexta-feira à noite! Santa sexta-feira!

53 comentários:

Marreta disse...

Esperemos pelo terceiro dia...
Saudações do Marreta.

Debaixo do Bulcão disse...

Há qualquer coisa que não bate certo, há!
Não é de agora. Mas tem vindo sempre a agravar-se.
Eu não sou nada "alarmista" (lembro-me sempre daquela história do pastor e do lobo...). Mas começo a dar razão aos que dizem que "isto é preocupante" e que "está na altura de fazer qualquer coisa".
Desde que essa "qualquer coisa" não seja uma utópica "revolução", que não estamos (ainda) em condições de fazer. Há que ser persistente, ter paciência, e lutar (continuar a lutar) com os meios de que dispomos.

É a minha opinião.

Mas eu sou, como se sabe, um "social-fascista" (lembram-se dessa expressão?).

Cumprimentos!

António Vitorino

SILÊNCIO CULPADO disse...

Pois, por tudo isto devemos fazer alguma coisa para além de estarmos a comentar nos posts e de termos posts para alertar.Insisto na ideia da Pála. Mas temos que arranjar apoios e obter uma aderência abrangente e forte.É preferível demorarmos algum tempo e organizarmos tudo à maneira de forma a ser um grande sucesso.Com campanhas de divulgação e tudo. Tá?

Moriae disse...

Já tinha saudades!
Bom restinho de fim-de-semana :)
Abraço da amiga,
M.

O Guardião disse...

Ía dizer que isto revela a porcaria que grassa nos nossos média, mas por respeito aos dignos e verdadeiros porquinhos (ou leitões), lá terei que recorrer ao vernáculo, e substituir Porcaria por Merda, para ser justo.
Cumps

quintarantino disse...

É que, vai-se a ver, e um georgiano vale bem por três, quatro, cinco, seis, sete portugueses... antigamente é que era ao contrário... deve ser do colesterol de tanto leitão!!!!

Metralhinha disse...

Na Geórgia não havia um conselho europeu a decorrer ao mesmo tempo.
Cá está o erro de estratégia que referi em devido tempo.

martelo disse...

vivemos em ambiente democrático

NÓMADA disse...

Pensa na acção para que 200.000 possam ser 200.000 e para que nós possamos ter voz e dignidade.

Maria, Flor de Lotus disse...

Estamos todos cruxificados perante as dificuldades impostas pelas políticas pouco acertadas deste Governo.
Mas há na imagem um excesso : não será necessário ressuscitar. Estamos vivos e prontos ...
A iniciativa dos 200.000 pecou por subavaliar a necessidade que o Sistema teria de acautelar a funcionalidade e a imagem do CE , a decorrer, simultaneamente, em Lisboa.
Depois pela Imprensa que temos : afinal o que é notícia em Portugal - Mourinho ou Santana ? Eu respondo, no caso, claro, o CE a decorrer...
Nem foram necessárias interrupções de emissões...
Definir estratégias é fundamental e essa não será a melhor posição. Por isso, desça daí, que além do mais esse madeiro deve ser desconfortável, e chegue-se aqui a nós. Vamos reflectir...
Bj
Maria

NINHO DE CUCO disse...

E que tal guntarmso os blogues numa pála e chamar a imprensa?

Anónimo disse...

Boas... se manifestações de 200.000 ou mais pessoas não fazem mossa... é de pensar que está tudo bem? E nem há reacções por parte de quem NOS representa. Ou então são do tipo: "É a festa da democracia."!?!?(José Sócrates/ podia ter sido outro trambolho qualquer...) Eu fico com a sensação de que estão a gozar com a minha cara... Não sou uma pessoa violenta, nem nunca fui. Mas dá vontade de partir qualquer coisa. Bem haja. Liberdade Sempre. Eht Refrus.

quintarantino disse...

Podemos baixar o bácoro, Alteza?
É que as batatas estão a arrefecer!

Tiago R Cardoso disse...

olhe que nã, em Portugal tudo bate certo.

NINHO DE CUCO disse...

Acho que se deve baixar o bácoro, Majestade, e irmos todos à Pala.

Watchdog disse...

"Há qualquer coisa que não bate certo?"
Não me digas?...
E que tal descesses daí?

1 Abraço!

SILÊNCIO CULPADO disse...

Majestade
Humildemente me reverencio e aguardo que desça da cruz para que a pála se realize.

Pata Negra disse...

Muito obrigado, meus amigos, minhas madelenas, acabei de postar e dei com 17 comentários, sois os maiores, ressuscitemos!
Um cordeiro abraço

Maria disse...

Majestade,
Lamento introduzir assunto tão desagradável em tão solene e trágico :))) momento de vossa majestática vida :))) . Porém não posso deixar de consignar isto aqui : tenho vindo a ser alvo no meu PC pessoal de vários ficheiros spy que aliás me têm causado alguns transtornos.
O nick " Maria, flor de lotus" é meu , foi criado por mim e clicando sobre ele acede-se a um dos perfis que criei para o correspondente blog com o mesmo nome, entretanto apagado por mim.
Foi com surpresa que vi por isso aquele comentário que conduz ao perfil que criei para tal blog que apaguei há alguns meses.
Por isso esse comentário que antecede com o nick "maria, flor de lotus" e assinado por uma Maria, não é da minha autoria.
Tantas Marias existem nesta Terra, facto que me inspirou na opção do nick blogosférico, que mais não pretendia do que colocar-me na pele de uma mulher comum Portuguesa, pois não me chamo realmente Maria. :)
É com muito graça e agrado que verifico que provoquei a proliferação de mais algumas Marias na blogosfera.
Julgava eu que tal fenómeno mimetista só ocorria a figuras públicas ou muito mediáticas.
Mas não... uma comum Maria , faz nascer outras...
Acho lindo, adorei !
É uma honra.
Deixo apenas esta nota, não vá uma das outras lembrar-se de o mandar a parte que eu nunca mandaria e Vª Majestade incorrer em erro ...
Um dia destes, mudo o nick de Maria para ManelApanhaBonés. Quem sabe provoco a moda de andar de boné colocado no sítio ...
:)))
Boa Páscoa, às Marias, Maneis, a todos os amigos e a si Majestade, um beijinho
da
Maria

Maria disse...

Deixei uma borrachinha no reino de esther ...
:)
Ufa ...
Confusão ...

Beijinhos

Maria

Meg disse...

Mas o que me aconteceu que me não vejo nos´últimos posts? Distracção ou o tempo que voou? Vou já averiguar.

Sobre este posr, atrevo-me a dizer que ele é revelador de um muito digno respeito

Um abraço e uma boa Páscoa

Zé Povinho disse...

Já que a posição deve ser incómoda, que tal descer daí?
Boa Páscoa, majestade.
Abraço do Zé

Alberto Cardoso disse...

Não se atormente Majestade. Não se penitencie. Saiba que os bons Reis não ressuscitam porque não morrem. E não morrem porque são Bons!
Compreendo bem o dilema: de um lado a razão, do outro séculos de tradição. Mas a idade trás a Sabedoria. Quando Vossa Majestade for mais velho encontrará a resposta.
Renovação dos votos de Boas Festas Pascais.
Alberto Cardoso

samuel disse...

Com tanta distracção ainda cai da cruz... e aí é que vão ser elas!

Abraço

Miki disse...

Páscoa feliz, e se puderes passa pelo meu cantinho,porque tenho lá uma petição a favor do Tibete.
Obrigada e beijo

Boris disse...

Viva a Páscoa, viva a vida,
Viva a paz e a bonança,
Viva a luz enriquecida
Pelo amor e pela esperança.

Viva a união de todos
Os que procuram construção,
Vivam pois todos aqueles
Que vêem no outro um irmão.

Viva quem procura o bem
E tem no peito humildade,
Viva quem quer a verdade
E dar pão a quem não tem.

Viva quem, com o seu suor,
Trabalha e constrói o mundo.
Viva o saber profundo
E a ausência de rancor.

Viva quem vive por amor

SILÊNCIO CULPADO disse...

Pata Negra
Tu não precisas ressuscitar porque estás sempre presente mesmo quando os ventos agrestes nos fustigam.
Para nós, que sabemos o queremos,a Páscoa é um acessório. Talvez um lembrete de tolerância, perdão e diálogo num mundo que teima em ser cruel e em ser injusto.
Um abraço apertado cheio de amendoas e chocolates

NuNo_R disse...

Passei para desejar BOA PÁSCOA!
ABR...PROF...

Anónimo disse...

Majestade!
O senhor Alberto tem razão, os bons REIS nunca morrem, por isso não ressuscitam, ficam sempre na memória do POVO.
Só morre quem é esquecido. Adivinhem quem é que vai ser esquecido!

Kaotica disse...

Que Cristo mais apetitoso esse! Faz-me lembrar aquele que manjámos no outro dia. Será que o mesmo ressuscitou e foi parar na cruz outra vez?
Felizmente não está calor, senão já esse coitado estaria feito em bacon.
Pagásteis o dízimo? Então podeis comer carne, meu filho!Aleluia!

A esta hora já só saem parvoíces. Passei aqui para te desejar um bom Domingo.

Abraço

Louise disse...

Majestade
Vossa Majestade ressuscitou mesmo. Este post é bem antigo. Espero que, para o ano, se por aqui andarmos por esta altura, não me venha outra vez com o mesmo.

Abraço ressuscitado

SILÊNCIO CULPADO disse...

Pata Negra
Nem mesmo depois de ressuscitado desces da cruz?

Um abraço com uma toalha de linho para te limpar o rosto.

Marreta disse...

Então mas ressuscitas ou não? Herege! Devias ter ressuscitado ao 3º dia!
Saudações do Marreta.

Alberto Cardoso disse...

Nunca mais é sexta-feira. Que semana mais comprida esta. Uf! E o pobre do porco ali, ao pendurão, coitado, que até mete dó. Não há por aí uma alma caridosa que o apeie? Vale que o tempo tem estado frio. Mas mesmo assim o cadáver já deve cheirar mal e deve estar cheio de moscas. Que desperdício. Era um animal anafadinho que devia dar cá umas fêveras e uma entremeada que nem vos conto! E tanta fome que por aí grassa! Não é justo. Não, não é justo…
Alberto Cardoso

Maria disse...

Majestade,

Este seu amigo Alberto Cardoso tão fabuloso e engraçado certamente habilitado ao digno e mui respeitável "job" de bobo-mor desta corte, onde como mais ninguém faz sorrir o povoléu e a Maria, já vos anseia por "fêveras" .
Olhe o perigo,olhe o perigo Majestade ... É que não vá o diabo tecê-las e cortarem-lhe as "fêveras" em sítio irremediavelmente irreparável ...
A imagem é impressiva.
Reveladora, também.
Mas para mim, nem Deus, nem o Rei, nem o Homem, nem o cordeiro carecem de se expor a tão cruel sacrifício...
Muito menos o leitão ...
Se tudo fosse perfeito, Majestade, teria havido forma que não a do madeiro... não ? ...
Se mesmo o que não se compreende pela razão merece o respeito e a consideração devidas a uma crença verdadeira, há pelo menos uma coisa que Vossa Majestade tem de conceder-nos :
Como oferecerá vossa mão real ao protocolo real do alto desse madeiro ?
Já basta.
Agora, chegue-se cá ...

Savonarola disse...

As questões de fé são tão pessoais e vastas, que dificilmente uma só Igreja poderá respondê-las a todas: a Igreja Católica, especialmente com este Papa, é que certamente não terá a abertura suficiente para cativar almas...
Um abraço anarquista

Meg disse...

Então mas a Páscoa ainda não passou...Aqui festeja~se a sério.

Só tenho pena ´do leitão.

Um abraço

pé-de-salsa disse...

Será que o Rei adormeceu no madeiro. Cuidado o sr. Alberto já sonha com fêveras e couratos.

Alberto Cardoso disse...

O companheiro p�-de-salsa, se bem o entendi, � apreciador de f�veras (sem aspas) e de couratos o que me deixa adivinhar que tem um gosto bem portugu�s.
Comungo da sua preocupa�o de ver o pobre animal ali pendurado dias a fio numa agonia atroz. Eu j� n�o como e mal durmo porque quase sinto na minha carne o sofrimento daquela criatura. Os bobos, apesar das apar�ncias, s�o humanos e t�m sentimentos. Eu, por exemplo, n�o suporto ver sofrer nem pessoas nem animais.
� por isso que eu suspiro pela chegada da pr�xima sexta-feira, dia em que o Rei (dos Reis) posta aqui um dos seus inigual�veis textos que nos far� esquecer a tristeza do que agora aqui est�.
Alberto Cardoso
P.S. A um banal dicionariozito de bolso fui buscar esta defini�o que talvez seja �til a alg�m:
F�vera:
substantivo feminino
fibra muscular de carne;
carne sem osso nem gordura;
fibra; nervo; m�sculo;

Meg disse...

Então ainda não acabaram as férias, pohhh???

Um abraço e regresso breve

MARIA disse...

Majestade, desculpe mas não posso deixar de dizer isto :
Caríssimo Alberto Cardoso, esta boba só com pitadinha de carinho usou a palavra "Bobo" referindo-se a Vossa Excelência ( não era suposto ofender).
Qual é a editora desse seu diccionário ? Parece muito completo ... Por uma simples "fêvera" dá logo 6 significados. Normalmente, mesmo um bom diccionário ( oiço dizer) dá um , dois... no máximo.
Vê, Majestade...
Mas afinal o que se passa consigo ?
Olhe que se não regressa ao reino dos vivos, daqui a pouco nem a Vª Majestade sobram "fêveras" e nem a Penélope dedos.
:)
Um beijinho amigo a todos

Maria

pé-de-salsa disse...

Sr. Alberto não leve a mal mas acompanhar fêveras com aspas não deve ser nada saboroso.
Então e Sua Majestade onde é que pára. Ninguém, aqui, sabe do Rei.
Vou esperar até sexta.

SILÊNCIO CULPADO disse...

Pata Negra
Já hoje é quarta-feira e ainda não desceste da cruz?

Nem mesmo depois de ressuscitado? Estou a ver que os pregos te estão a magoar as mãos.

Um abraço que ressuscitou há muito tempo

Alberto Cardoso disse...

- Oh companheiro pé-de-salsa, eu não tenho NADA que levar a mal porque estamos, uma vez mais de acordo. Se reparar eu escrevi «fêveras (sem aspas)». SEM e não COM. Ora dê lá um saltinho atrás para confirmar que eu espero.
………………lá …………lá lá......... lá lá lá ………….hum……….. hum, hum ……………lá lá…………Ah, já está ai! Então, já viu? Pois é, eu também acho que fêveras com aspas deve ser detestável.
Alberto Cardoso

Pata Negra disse...

2007, 2008, 2009 e por cá continuamos a dizer as mesmas coisas! Feliz Páscoa aos 44 comentadores de anos passados!
Vou respirar um pouco além do Tejo e volto já! Vós sois abraços

Marreta disse...

Continua a aparecer aí em cima um gajo a fazer-se passar por mim.

Saudações do Marreta II.

opolidor disse...

Rei Pata
sai dali... pega num pé de cabra... porque não posso ver esse sofrimento; com tanta gordura ainda arrancas as pata de cima.

abraço

salvoconduto disse...

Desgraçado, blasfemo! Ainda vais preso. O Papa quando cá vier vai pela certa ajustar contas contigo, excomunhão, no minimo. Ai se ainda houvesse fogueira, fazias cá um fogaréu, fazias, fazias...

Fosse eu a ditar a penitência e não comias cabrito no domingo.

Alberto Cardoso disse...

Olá Majestade.
Algo neste portátil me impede de rever a fotografia. Pormenor de somenos porque dela me lembro na perfeição. Li os comentários e, confesso, corei de vergonha. Como pude eu escrever o que escrevi nos idos de 2008? Como pude zangar-me com um comentário da doce Maria? Peço desculpa. Eu não sou assim. Só podia estar doente.
Desejo-lhe Majestade uns dias de reparador descanso pelas belas terras de além Tejo.
Alberto Cardoso

do zambujal disse...

O que tu provocaste!
Há que mexer águas paradas!
Assim, mansamente mas iconoclastamente (chiça..) levantas questões do caraças.
E, já agora, sempre te digo que desde antanho prefiro o sábado de aleluiaem que nos vingávamos do jejum (de carne) que não cumpríamos.
Mas isto dos jejus é como os feriados bancários. Sáo estratagemas.

Desculpa lá. Fico-me por aqui porque a tua provocação (que o não é!)dava para muito mais.

Boas Páscoas (e boa semana a seguir, e boas férias, e boas tudo)

A. João Soares disse...

Majestade suína,

Mas o que haviam de lhe fazer! Espero que ressuscite com toda a força e se mantenha por cá numa primavera florida como faço votos que isto seja depois de o PEC vir remir os PECados dos governantes.
Mas duvido que haja remissão possível para tão grandes PECadores inveterados no vício e no crime não punido nem sequer julgado.

Uma Páscoa alegre para si e todos os que mais preza
João

Zorze disse...

Pata Negra,

Ena tanto comentário!
Sem dúvida a religião "mexe" com as consciências!
Comento que estás certo em toda a holopensenidade da questão...

En passant, 100% das religiões que grassam no nosso planeta partem de pressupostos errados, apesar de cada uma delas ter a "sua razão".

Abraço,
Zorze

MARIA disse...

Quantas Páscoas já vivemos neste Reino ...
:)
Apesar do tempo, há coisas que nem o tempo muda : uma delas é a minha vontade e a vontade do meu querido amigo Alberto Cardoso de comer fêvera, particularmente, depois de uma sexta -feira e sábado a vegetais e a peixe :)

Boa Páscoa, Majestade, para si e todos os seus.

Um beijinho amigo.

Maria