sexta-feira, 28 de dezembro de 2007

Leitão à sexta

Só ouvirei as mensagens de Natal e Ano Novo do Primeiro Ministro e do Presidente da República quando a isso for obrigado.
"Portugueses e portuguesas ... bla!bla!...bla!bla!bla!...bla!bla!bla!bla!... foi um ano difícil bla bla... uma mensagem de esperança bla bla... sacrifícios bla bla... prosperidade bla bla... justiça, educação, economia, os mais pobres, criar riqueza, portugueses, europa, mundo blablablablablabla"
Passado um quarto de hora: "bla!bla!"; passada meia hora: "bla!bla!"; até ao fim: "bla!bla!"

Mensagem de Ano Velho de Sua Majestade o Rei dos Leittões

"Leitões e leitoas, bem sei que este foi um ano difícil e de sacrifícios para todos vós mas deixo-vos aqui uma palavra de esperança e a promessa que o novo ano será melhor! Bem sei que já o ano passado disse a mesma coisa e, afinal, o ano novo foi pior que o ano velho! Mas deixo-vos aqui a promessa e a esperança que para o ano irei dizer exactamente a mesma coisa!"

(Voltar ao princípio da mensagem e reler até se fartar ou até morrer de acordo com aquilo que aconteça primeiro)

14 comentários:

Boris disse...

Pata Negra, Pata Negra
estou aqui p'ra te ajudar
a lutar contra a mentira
e esta forma de enganar.

Pata Negra, Pata Negra
estou aqui p´ra te ajudar.

Boris disse...

Pata Negra, Pata Negra
vem à minha casa lanchar
tenho lá um bom petisco
pr´o novo ano levar.

Porque não acredito mesmo
que o possa saborear.

SILÊNCIO CULPADO disse...

Majestade
As promessas sempre fizeram parte de quem, do cimo dos impérios, olha o povo com aquela complacência com que se olha os humildes detentores de menoridade mental.
E o povo tem feito jus a esta forma de olhar indo ao beija-mão de quem assim olha.
Acho que começa a ser altura de serem cobradas as promessas.
Um abraço não silencioso e muito menos culpado.

sol poente disse...

Façamos das promessas verdades adquirindo uma maior consciência cívica e lutando pela nossa dignidade.

Louise disse...

Rei dos Leittões

Passo por aqui muitas vezes porque gosto de ler estes sítios conscientes das realidades com que contamos. Sítios que não procuram vaidades nem protagonismos e que se revelam espaços de excelência sem no entanto terem pretensões em sê-lo.

Odeio blogues com selinhos que pretendem ser os maiores.Nesses não entro porque fico logo esclarecida do perfil dos autores.
Quero intenções genuinas como estas que aqui encontro e, felizmente, em mais uns quantos sítios. Os dedos duma mão devem chegar para os contar.
Bom Ano de 2008, não na perspectiva do Sócrates mas na tua.

SOS online disse...

Que graça ! Revelar suas sábias palavras para o próximo ano; assim nem virei conferir ! Fica o Feliz Ano Novo antecipado. Eu, como vou inovar, este ano digo-lhe Feliz Ano novo e no ano que vem desejarei-te um Ano Novo Feliz. Para evitar estas repetições.
Agora venho convidar-te para começarmos um ano novo de muita paz, queria a tua palavrinha lá no SOS num post que coloquei sobre imigrações.
Mais uma vez Feliz entrada de Ano senhor porco, quer dizer, Leitão.
Abraço, Alda

NINHO DE CUCO disse...

Sua Alteja
Deixe-me fazer-lhe uma vénia. Sempre oportuno e sempre do melhor. Alteza andamos a comer o mesmo discurso mas...tantas vezes vai o cântaro à fonte até que um dia lá fica a asa. Ou seja: deixando de acreditar começamos a insurgir-nos e a construir uma realidade alternativa que valha a pena.

NÓMADA disse...

Alteza
Permita-me que discorde deste círculo vicioso a que nos remete. Estamos a atravessar um túnel mas não quero crer que esse túnel seja circular.
Ainda não vejo a luz ao fundo mas hei-de ver. Talvez para isso tenhamos que ir à Pála. O que me diz, Majestade?

SILÊNCIO CULPADO disse...

Vim reler até me fartar!

Tiago R Cardoso disse...

Bom comunicado ao país, o seu claro porque com o do Sócrates fiquei baralhado, já nem sabia em que país estava.

MARIA disse...

Majestade :
Pegando nas suas doutas palavras dei forma a um discurso. Não é o seu, porque o seu é nosso e intuimo-lo pela amizade.
É o discurso da circunstância que sublinhou no post, em que as palavras são sempre as mesmas e estão gastas, podendo ser usadas em vários sentidos...
"Portugueses e Portuguesas"
foi para nós mais "UM ANO DIFÍCIL",
mas há "ESPERANÇA" de que na "EUROPA" e no "MUNDO" se crie
"RIQUEZA" e "PROSPERIDADE".
A nós, " OS MAIS POBRES", "SACRIFÍCIOS" maiores nos aguardam.
Mas, Português que é Português sempre acalenta "ESPERANÇA" de viver num País com
"JUSTIÇA",
"EDUCAÇÃO",
numa "ECONOMIA" de progresso.
E finalmente,
A frase que Vª EXª deliberadamente omitiu ao seu discurso :
Viva Portugal !
******
Para si e para todo o seu reino um 2008 muito, muito felizzzzzzzz, apesar da circunstância...
E um beijinho muito amigo da
Maria

Compadre Alentejano disse...

Ora aqui está um comunicado que fica luas à frente do sr.sócrates.Este, pelo menos, é sério e honesto...
Um Feliz Ano Novo
Compadre Alentejano

O Guardião disse...

Afinal Sua Majestade também é candidato nesta República? Discurso já há, apoiantes também, sabe o que é uma gamela, só falta mesmo ... a vontade e umas quantas assnaturas. Tenho a certeza que não faria pior, até porque seria quase impossível, caramba.
Cumps

Marreta disse...

Pelo sim e pelo não, e já que não quero morrer antes dos 250 anos, não vou voltar ao princípio da mensagem.
Pelo sim e pelo não que se fine o inspirador da mensagem...
Saudações do Marreta.