sexta-feira, 11 de janeiro de 2008

Leitão à sexta


Tudo me cheira a batota,
Não me enfiem o barrete,
Não quis o chouriço à Ota,
Não quero chouriça à Alcochete.

Sou perito em estudo porco,
De outros estudos nada sei,
Mas para mim um aeroporto
Só serve em Vila de Rei!
(Vila de Rei - centro geodésico de Portugal)

16 comentários:

quin[tarantino] disse...

Em Vila de Rei? Olha... pois... aproveitava-se a inclinação e os gajos a aterrar nem precisavam travar a fundo... e a levantar voo, com a descida, ganhavam embalo... olha, ó faz favor, uma sandes de "chôriço"...

O Guardião disse...

E porque não, pois então? Se alguém nos ouve, aparece mais uma associação de malandros a elaborar um estudo fantástico, cria-se mais uma comissão de análise e contrata-se o LNEC para dar outro estudo técnico. Volta tudo à 1ª forma.
O chouriço vinha mesmo a calhar e está a rir-se para mim...
Cumps

SILÊNCIO CULPADO disse...

Pata Negra
Vou reproduzir-te em parte o comentário que deixei no Notas.

Os estudos sobre localizações e alternativas ao aeroporto da Portela foram feitos há mais de 6 anos. O que se tem seguido são meras campanhas de entretenimento.
Estão em causa sobretudo os jogos de interesses e são eles que definem de que lado está a força.
Se assim não fosse o governo não tomaria uma decisão antes de definir qual vai ser o futuro do TGV. É que com TGV a Portela não ficará esgotada num futuro próximo e a opção Portela+1 seria a mais conveniente.
Entre a Ota e Alcochete, defendo Alcochete. Não é só por causa de ser menos oneroso visto não necessitar da preparação dos terrenos pantanosos. Tem também a ver com as rotas aéreas e com as condições de saturação previstas.
Quanto a João Cravinho ou empresários Norte versus empresários Sul, faz-me recordar algo engraçado que me ocorre e que são sinais dos tempos. Quando se falava na Ota, Mário Soares era todo amores com Sócrates e este até o escolheu como candidato à Presidência da República.
Uma vez feita a opção por Alcochete o velho leão do PS, Mário Soares, fartou-se de malhar no Sócrates na Conferência promovida pela Fundação Mário Soares na Gulbenkian, em que ambos discursaram.
Relativamente à questão do Sócrates ter arripiado caminho, se fosse só por isso, eu até o admirava. Corrigir a mão quando se reconhece que se vai em rota errada só fica bem. Porém estes políticos fazem da cara cu com tal facilidade que concluo que só Jerónimo de Sousa é igual a si próprio.

Boris disse...

Pata Negra, ando zangado contigo porque tu não me ligas nenhuma. Por isso vou chamar-te dos piores nomes que conheço. Olha tens cara de cruzamento entre Mário Lino e Maria de Lurdes Rodrigues!...
Eheeheheheheeehehehheeheheh

C.Coelho disse...

Meu Rei
Descobri a tua terra: Vila de Rei. Aldeia por ali próxima. Querias aviões lá, querias? Querias mas não tens. O aeroporto vai ser no Jámé, ouviste?

ALEX disse...

Sua Majestade só poderia querer Vila de Rei. Compreende-se.

Mocho-Real disse...

Acho bem, pois então!

Cadeira do Poder disse...

Da mesma forma que venderam a Ota como o destino perfeito, agora é a vez de Alcochete. E sem volta atrás.

NINHO DE CUCO disse...

Majestade
Agora com o aeroporto Jámé e o deserto que não é deserto, como é que vão segurar o camelo?

sniqper ® disse...

Um governo de voadores, tal como são as promessas que fazem e mudam de minuto a minuto...
Nós os otários lá vamos indo...

NÓMADA disse...

Leitão à sexta? Mas hoje é sábado e já me dói a barriga de comer tanto leitão!...

Paulo Sempre disse...

Um aeroporto e um lar de I
dosos
Que lindas coisas eu vi
Uma ser de ministros vaidosos
E outros com ar de "BIBI".

Pata Negra, meu Senhor
Esta é a realidade:
Uns a pregar o amor
Outros a castidade.

Alcochete tem aviões
A ota já não os tem
Vila Rei tem "pregões"
Mario lino vai-e-vem

Resto de um bom fim de semana.

PS: Isto de ser poeta não é nada fácil...

Kaotica disse...

A OTA cheira a batota
Alcochete é um barrete
O Mário Lino um deserto
A dar-se ares de'sperto

O ministro é um chouriço
A Portela uma chouriça
Em 1969 já diziam isso
Voltamos à mesma, chiça!

Tudo a mesma porcaria
Todos porcos menos tu
Uma ponte p'ra Trafaria?
Vão mas é levar na cara

(não rima até ao fim, porque versejar não é fácil, mas podia rimar!... se não fosse a ASAE andar a treinar!)

Um abraço e bom Domingo!

Boris disse...

Pata Negra, Pata Negra
cá estou eu a versejar
antes que perca o lugar
(já me estão a imitar!)

Pata Negra, Pata Negra
doem-me os pés de caminhar
pelo deserto do Lino
sem um camelo encontrar.

Disseram-me que os que havia
não estão neste lugar
tiveram por fantasia
querer o país governar.

Pata Negra, Pata Negra
nem Ota nem Alcochete.
Isto já deita um pivete
que precisa duma esfrega.

Pata Negra, Pata Negra,
nós estamos aqui p´ra nada
porque esta cabrãozada
há muito que nos segrega.

Votar neles? Jámé! Viva o Rei dos Leittões!

tom-tom disse...

Viva o Rei! Tem interesses em Vila de Rei.
E já agora um aeroporto em Vila de Rei dava menos maçada para transportar brasucas.

A. João Soares disse...

Mesmo em Vila de Rei não me parece bem. Devia ser na MELRIÇA, o centro geográfico do rectângulo português. Aí sim, todos deviam estar de acordo.
Gostei da observação de Silêncio Culpado. O Mário deve estar danado. Já não tira dos terrenos as mais valias que esperava e tinha como certas. E, cara amiga, que terá a Ota a ver com Macau? Há por aí umas más línguas...
Abraço