segunda-feira, 7 de janeiro de 2008

Vou voltar a fumar

O polícia entrou no Bem Estar em passo de polícia, tropeçou numa beata de cigarro pegou nela e eu virei-me para a chávena a pensar no exemplo pedagógico que a iria levar ao caixote do lixo.
Quando levantei os olhos a beata estava exposta em cima do balcão e o Manuel do Bem Estar era interpolado:
- Pode-me explicar isto?!
Manuel encolheu os ombros.
- Vou ter que o autuar!
Manuel encolheu os ombros. Tratados os papéis, Manuel pagou, o polícia despediu-se à fardado e o senhor Manuel com um “Uh! Uh!”…
Ao sair o polícia reparou em mim e encolheu um ombro. A seguir, o senhor Manuel olhou para mim e encolheu os dois ombros. Eu encolhi também os meus dois ombros, acenei energicamente a cabeça e fiquei com uma vontade enorme de voltar a fumar!

8 comentários:

Alberto Cardoso disse...

O Big Brother, lentamente, muito lentamente, vai-se instalando. Os caixas "multibanco" os GPS(s) as Vias Verdes, as câmaras de vigilância espalhadas por tudo quanto é sítio espiam todos os passos que damos; a ASAE, e outros que tais que nem suspeitamos que existem, com a prestimosa colaboração dos "fubos", controlam o que comemos, bebemos e, se sim ou não, fumamos quando e onde. Nos dicionários, a palavra «privacidade» deve ser referida como coisa do passado…

Zé Povinho disse...

Todos os fundamentalismos merecem a minha rejeição, e quando alguém se quer armar em polícia dos costumes, fico logo com urticária.
Abraço do Zé

Tiago R Cardoso disse...

Presumo que a autoridade em questão anda-se de nariz no chão a cheirar o que por lá andava...

CresceNet disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Joshua disse...

Amigo Pata Negra, não é bem que me esteja a acometer uma vontade subversiva de fumar, tenho o meu cachimbo e ninguém mo interditará quando o uso ao ar livre ou aqui em casa no escritório entre uma posta e outra, mas os sinais de compressão da nossa liberdade de movimentos e de opinião estão aí.

Sabes, há um lado perverso nas sociedades pleninformatizadas porque o controlo sobre nós exorbita de fascizante. Para começar, deveríamos boicotar os Jogos Sociais: tal como estão, são a mais aberrante traição às pessoas e são, de igual modo, um hino à nossa imbecilidade crédula, a mesma que nos permite não tugir nem mugir perante o Grande Esbulho aos nossos Direitos Civis perpetrado por quem nós sabemos.

O controlo informático está a agarrar os colhões à Verdade-Toda e mais tarde ou mais cedo, a nossa reacção - a reacção das massas - será violenta, dada a infinita decepção.

Infelizmente, o que digo é um prego no deserto.

Abraço
PALAVROSSAVRVS REX

martelo disse...

esperemos que o multante não esteja a fumar...

Pata Negra disse...

Afinal o Grande Irmão está a vir do lado e da forma que menos se esperava!
- Ah! Mas pode-se falar! - dizem alguns.
- Pois pode, só que o Irmão é surdo!

Marreta disse...

Volta a fumar, mas não fumes tabaco que faz mal à saude.
Saudações do marreta.