segunda-feira, 23 de março de 2009

Sócrates2009

Em "Sócrates 2009" parece faltar qualquer coisa de lapidar, o ano de nascimento!?... o ano de início de mandato!?.... Assim só, "2009", significa o quê?! O princípio? O presente? O fim?!

Evidentemente que o grave não está nos números dos anos mas no substantivo próprio que o precede. O culto da "personalidade"? Um país que cabe num homem? Um modelo de campanha rebuscado de regimes de má memória? Um regresso ao passado ou o futuro para que estamos guardados? Este slogan de campanha é uma afronta? É uma ameaça? É o quê?...

Caminharei inconformado pelo milénio fora! Diz-se que o PS vai ganhar outra vez as eleições!... Vou aguentar! Vou resistir! Vou lutar!
PRA TI
Tu, cuja lembrança estraga logo o primeiro verso desta pretensa poesia,
vai pró!
Tu, que te escondes por detrás do vento e passas camuflado entre as notas de 100 que ele leva,
vai pró!
Tu, que tens a cabeça enfiada no umbigo e o passado enfiado em folhas pouco brancas,
vai pró!
Tu, que te rodeaste dos piores de nós para nos fazer crer que somos todos maus,
vai pró!
Tu, que encarnaste a desesperança como forma de nos convencer que não há nada a fazer,
vai pró!
Tu, que nos largas flores para arrefecer um verão quente e nos esconderes o inverno que aí vem,
vai pró!
Tu, que me tiraste o gosto pelo trabalho porque não suportas a alegria no trabalho,
vai pró!
Tu da Beira, Santa Comba, de terra de cegos, do subir na vida, dos holofotes que mentem,
vai pró!
Se a tua mentira acabar em 2009,
vai prá!
Se esta época continuar a ser a tua,
eu vou...
Porra! Se eu fôr não me deixem ir só!

"Digo, como toda a gente, que não desejo a morte a ninguém! Só concebo a determinação da morte dum indivíduo se ela, comprovadamente, puder salvar muitas vidas!"

9 comentários:

alberto cardoso disse...

Compreendo, Amigo, a tua indignação e o teu receio porque são também são os meus. Leio, ouço e vejo nos "media" que estamos condenados a mais do mesmo após as eleições e não quero acreditar que tenha que ser assim. E interrogo-me: o que é que eu posso fazer para que isso não aconteça? O meu voto? O meu voto vale muito pouco contra uma máquina infernal de desinformação que já está em marcha há vários meses. Alternativas? Só a força bruta porque a força da razão não resultará.
Aguardemos, companheiro. Atrás de um dia outro vem...

salvo disse...

Porque é que ele não vai? Quem o quer cá que vá também!

MARIA disse...

E não é para lá que ele nos vem mandando e continua a mandar ? ...
Só Vª Mejestade para fazer poesia com uma coisa destas ...
Mas olhe que o problema dos Portugueses não se chama Sócrates, situa-se um pouco abaixo da cintura... com todo o respeito sobretudo pelas mulheres do meu País que têm que ter muito jogo de cintura para sustentar as suas famílias e que hoje particularmente me está a faltar ...
:-)
Um beijinho amigo

Maria

SILÊNCIO CULPADO disse...

Pata Negra
Descobres cada uma!... Nunca vi tal cartaz. Também não quero ver seja o que for que ele signifique.
Penso que Sócrates a ganhar ganhará com a maioria relativa e que atravessará períodos de grande turbulência social. Ele pode ser muito insensível ao sofrimento dos mais frágeis mas julgo que não poderá continuar a caminhar como caminhou. O caminho está cheio de buracos. Já não dá para fazer de conta.
Gostei do teu debafo e da tua garra a gritar.Muitos mais gritarão como tu e contigo. Por isso tem fé. É sempre tempo para ir à Pala.
Abraço

Mariazinha disse...

Dasse

Vamos mas é à AR mostrar-lhe que temos direito a uma vida digna.
Os gajos ficavam lá umas horitas fechados até se borravam todos.
Eu já estou por tudo,estou farta de ser roubada e de ver este país a ser destruido por incompetentes.

Um abraço cheio de raiva!

Compadre Alentejano disse...

Oxalá que seja para sair em 2009, nunca para continuar com o desgoverno que vem fazendo desde 2005. Chega!
Um abraço
Compadre Alentejano

Faust Sotam disse...

Que vá ele e todos os que votarem nele, porque no fundo são os súbditos dele, são pertença dele, já que uma esta ditadura faz o zé povinho tremer. Com a #erda de situação em que o País está a ficar, só os atrasados é que não percebem, que uma Maioria é uma Ditadura!!! Já não há dinheiro para leitões, só para os glutões. Blog Porreiro, PÁ!

mescalero disse...

Nada de novo, política como de costume. Sócrates, Leite, Sousa, Portas, Louçã, quem os quiser que os compre.

polidor disse...

pode ser que ele leve com ela...se for a relativa o rapaz não se aguenta.

abraço