sexta-feira, 28 de agosto de 2009

Leitão à sexta

Ainda não é desta que entro em acção. Digamos que estou na ressaca de férias e indisponível intelectualmente. Reportagem rápida: as férias foram uma volta além do tejo, jogar xadrez, uma volta além do douro. O resto foi no Real Palácio da Bolota.


12 comentários:

Compadre Alentejano disse...

Não há dúvidas, as férias são muito cansativas...O melhor, é gozar agora um período de férias caseiras para descanso do corpinho...
Um abraço
Compadre Alentejano

O Guardião disse...

Há quem fale de stress característico de final de férias, mas sejamos sinceros, deixar de lado o descanso e voltar à labuta é ...penoso, pelo menos para quem gosta das coisas boas da vida.
Cumps, já a cheirar a férias!...
José Lopes

Alberto Cardoso disse...

Camarada Majestade
Por que não nunca tive férias nem imaginava que isso desse ressaca. Do tintol, do bagaço e das bejecas posso falar com conhecimento de causa (e efeito). Com duas aspirinas e água, muita água, resolvo o problema e dois dias depois estou pronto para outra. Nunca precisei de duas semanas para curar uma bebedeira...
É que amanhã é Setembro e logo a seguir são as eleições. E não sei o que fazer: não voto, voto, em branco, nulo, no B, no C, num P... O camarada Majestade tem que me esclarecer, me indicar um caminho, rápido que já se estar a fazer tarde.
Cure-se depressa camarada Majestade porque, como eu, haverá muitos súbditos a precisar da sua superior orientação.
Alberto Cardoso

opolidor disse...

Rei Pata
à sombra de uma azinheira...

MARIA disse...

Majestade, ignoro se a sensação de " ressaca " é sempre similar, independentemente do que a cause.
Mas pressinto que também ando a sofrer do mesmo.
Um "gurosan" geladinho ?!...
(o jardineiro da minha escola primária passava a vida a tomá-los...)
Para ressaca não me ocorre assim nada mais de especial, remédio próprio ou receita.
Deixe lá, isto passa, lá para a data da tomada de posse do novo governo.
:-)
Um beijinho e as melhoras.

Maria

antonio - o implume disse...

Muito bem, mas já está na altura de retomares a veia ficcionista!

Pata Negra disse...

Compadre Alentejano
Guardião
Pois bem, se o trabalho dá descanso que trabalhem os camelos! No entanto, férias e viagem, para mim, não combinam!
Um abraço em tempos de não sei quê

Pata Negra disse...

Alberto Cardoso
Felizes os que nunca tiveram férias porque nunca estiveram expostos ao tédio da burguesia! Felizes os que bebem do sumo que Deus escolheu para sangue porque com ele atingem outras dimensões da existência!...
E quanto a votos, caro Alberto, poderá votar numa escola primária perto de você e, se não sabem em quem votar, vote de cruz! Como sabe, aos reis e aos seus derivados - vulgo presidentes da república - é vedado o direito de dar orientação de voto! Camarada e companheiro, poder-me-á chamar, mas nunca sócretino ou outros produtos lácteos afins!
Um abraço e não vote em narcisos

Pata Negra disse...

Polidor
já nem sei a minha idade
Um abraço debaixo de um sol escaldante

Pata Negra disse...

Maria
nem me fales da tomada de posse do próximo governo! Fala-me antes dos tempos de esperança que o antecedem!
Estamos condenados a ter o prazer dos ver na arena: não tenho pena quando sofrem em consequência da sua animalidade mas também não vanglorio os que erguem a bandeira só porque ficaram do lado do cavalo.
Um abraço entre as guias

Pata Negra disse...

António,
um maldito vírus levou-me um rol de páginas que, por incúria, guardava no ambiente de trabalho. Caí em mim, só com o aconchego do inverno poderei recuperar da gripe.
Um abraço sem destino, sem projectos e sem objectivos. Perdoa-me!
Um abraço com rumo incerto

Kaotica disse...

Sacanas de virus. Primeiro foram os ataques de spams em chinês e agora quase não ando pelos blogues porque cada um leva eternidades a abrir. Também me cheira a virus! Mas olha que há milhares de gajos inteligentes que conseguem recuperar ficheiros perdido...
Adorei o brazão de S. Alteza!

Um abraço de toca para a frente!