quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

A caminho de Belém



Doze valorosos apoios de personalidades blogosféricas já manifestaram, aqui, o seu apoio. Lembro que foi assim que começou o cristianismo.

Numa democracia plena qualquer cidadão poderia, por inerência, ser eleito para a presidência da república sem necessitar de formalizar qualquer candidatura. Por cá, essa possibilidade está aberta apenas a personalidades apoiadas, directamente ou indirectamente, por partidos ou que, no mínimo, possuam conhecimentos e influências que lhes facultem o acesso aos meios que fazem o poder.

Conclusão, embora muitos cidadãos comuns já tenham manifestado pública intenção de se apresentarem como candidatos, nunca conseguiram concretizar o seu direito a tal. Ainda que alguns destes tenham conseguido vencer a praxadela das 7500 assinaturas, entregue o processo, existiu sempre um procedimento incorrecto ou faltou um papel que o reprovou.

Sendo assim, e porque não parecem inocentes as exigências que negam o espírito constitucional, nós que não gostamos de papas nem de bolos, temos um dever de nos mobilizar para provocar o sistema apresentando uma candidatura monárquica à república. (Ajudem-me porra!)

Nota: para os que acham que ainda é cedo para começar lembro que, com muitos mais apoios, Amin Niguen Mecala já iniciou a sua campanha e que eu, que não possuo cavalos, se quero chegar à meta em primeiro não devo esperar mais.


16 comentários:

antonio - o implume disse...

Vamos pedir apoio ao Belmiro! Ele está aborrecido com o Cavaco...

quink644 disse...

Mais um, conta comigo...
Quando tiveres o boneco presidencial feito, envia-mo para poder colocá-lo no meu blogue.
És o meu candidato.

Pata Negra disse...

António
O apoio do Belmiro?! Nesse caso desistiria!

Quink644
Registo o teu apoio. Pois... preciso de um artista que me faça o boneco!... Há-de aparecer!...

Patadas de Belém

Alberto Cardoso disse...

E o Hino, Majestade, o Hino? Sem Hino nimguém é eleito. Pode chamar-se Bino,Cino, Dino, Gino ou Jino, Lino, Mino, Nino, Rino, Sino, Xino, Vino, ser Fino, ou não ter Tino que sem Hino não vai lá. Pode crer.
Alberto Cardoso

MARIA disse...

Majestade, estou consigo até para ir à guerra.
Não se espante se perante o inimigo me visse procurar abrigo atrás de suas costas, mas que ia, ia ...
:)
Bem ...depende do inimigo, claro ...

Marreta disse...

É certo, é certo, há que avançar o mais rapidamente possível, e podes desde já contar com o meu apoio (in)condicional (quero um tacho para mim na presidência, pode ser conselheiro para as relações externas c/ pelo menos 10 viagens ao estrangeiro pagas).
Se as minhas condições forem aceites, vou desde já começar a angariar apoios financeiros para a causa e entretanto vou colocar o cartaz no meu blog.

Saudações conselheiras do Marreta.

O Guardião disse...

Vamos a isso! Venha daí o slogan e o cartaz da campanha.
Cumps e o apoio do JL

SILÊNCIO CULPADO disse...

Pata Negra

Distribui tarefas e nós cumprimos.
Há que mostrar a este País de suínos figurados que existem porcos reais para tomarem o poder.
Há que demonstrar que podemos ultrapassar as 7.500assinaturas e reunir todas as condições para uma candidatura credível com pernas (patas) para andar.
Não podemos deixar que continuem a fazer de nós tudo o que querem. Força, Pata Negra. Vai em frente!
Abraço militante

opolidor disse...

apoio se prometeres que dás bolotas ao pessoal...
abraço

salvoconduto disse...

Qual eleições, qual c******! Isso demora muito tempo. Convida-se o Cavaco para vir às comemorações do 31 de Janeiro e faz-se um golpe. Os figurantes até têm armas, é só arranjar balas!

Camolas disse...

- chafurdemos!!!

Compadre Alentejano disse...

Antes um Papa Negra em Presidente, que uma vara de porcos de duas pernas!...
Chafurdar, é o nosso lema! Mas sem corrupção...
Abraço
Compadre Alentejano

Milu disse...

Vamos a isso! Viva a Monarquia e o nosso Rei!

Pata Negra disse...

Alberto - 1ª medida: acabem-se os hinos e vivam os hunos - Roma está de rastos!

Maria - conto com o teu apoio e tu conta com as minhas costas.

Marreta - quero-te mandatário! alinhas?!

Guardião - uma candidatura com este desenho não sobrevivirá sem gaurdião!

Silêncio - mesmo antes do o manifestares já contava com o teu apoio. Temos tempo. Não distribuiremos tarefas, cada um assumirá as suas funções espontâneamente. É obrigatório que exista candidato mas, muito mais importante que isso, é que exista a razão da candidatura.

Polidor
aqui não se promete nada, prometemo-nos todos uns aos outros

Salvo conduto - o nosso golpe é eleitoral, podemos ganhar, basta haver vontades.

Compadre
Então não acredita?!

Milu
Olha que isto é a sério!

Um V a todos

Ferroadas disse...

Se necessitares dum gajo para teu chauffeur não te esqueças cá do amigo. Tenho as cartas todas, tomo banho diariamente, para além de mudar de peúgas todos os dias também, sou barbudo, cabeludo, meço 1,94M e peso 105K. Também dou um jeito como guarda-costas. Quanto aos honorários fica à tua consideração.

Não te esqueças, OK?

Abraço

Zorze disse...

As energias do Extrafísico estão contigo. Logo tens tudo para avançar!
E olha, que não é um apoio de somenos relevo...
São coisas do arco-da-velha!

Abraço,
Zorze