sábado, 27 de março de 2010

Sócrates sucederá a Sócrates

Os quadros partidários dos países europeus são muito semelhantes. Portugal tem a particularidade dos dois maiores partidos ocuparem o mesmo espaço político, já só os militantes de ambos não o reconhecem e, aos mesmos, custa reconhecer que foi o PS que roubou o espaço ao PSD e não o contrário.
Nesta circunstância os eleitores que tomam as suas decisões de voto, não em função da representação parlamentar mas na expressão redutora de votar em quem tem sondagens de ganhar e constituir governo, estão condenados a escolher, até que isto rebente, mais do mesmo.
Neste quadro, os militantes do PSD, escolheram bem: a melhor maneira de combater Sócrates é com outro Sócrates. Se, para muitos, em Sócrates a esperança é nada, em Passos Coelho é coisa nenhuma!
Este povo parece estar determinado a continuar assim, tal qual se resignou a tolerar ,durante quase cinquenta anos, Salazar! Se se não pode emigra-se!
Estes rapazes são produto das jotas esse ou esse dê, aliás, ambos foram iniciados em esse dê! Continuemos pois, cabisbaixos e sem esperança! Oh "people"! Há mais políticos para além do PS/D!

6 comentários:

antonio - o implume disse...

São as réplicas de um grande cataclismo telúrico...

opolidor disse...

esta é a realidade que não augura nenhuma mudança...
abraço

opolidor disse...

esta é a realidade que não augura nenhuma mudança...
abraço

MARIA disse...

Gostei especialmente do "oh people"!
Majestade não se americanize, senão quem salvará a honra desta República ?!...

Um beijinho

Maria

A. João Soares disse...

Magestade dos Leitões,

Gosto da sua análise e sublinho que, na disputa do mesmo espaço, os quatro candidatos mostraram que não estão muito interessados em Portugal e nas melhores soluções para dar um passo em frente, porque estavam demasiado interessados em derrubar Sócrates. Mas com tal estratégia, mesmo que o derrubem, Portugal continua na mesma com os mesmos vícios e manhas que ficaram bem visíveis na aprovação por unanimidade da Lei de financiamento dos Partidos.

Um abraço
João

SILÊNCIO CULPADO disse...

Majestade

Sem esperança e cabisbaixa é que eu não fico.
Realmente, diferenças entre os dois partidos eu não encontro mas sócretino só há um este e mais nenhum.


Abraço