quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Não quero 2011

Que semana mais morta esta em que vos falo! Nada de novo! Já nem reagimos às más notícias, aos políticos maus, aos maus candidatos, aos maus tempos, ao mau tempo! E de tantos males que nos infligem, que nos prometem, que nos anunciam em nome da merda do futuro, já perdemos a capacidade de acreditar nas boas coisas, nas pessoas boas, nos bons momentos e no poder da chuva!
Qual Serviço Nacional de Saúde?! Qual mensagens de Boas Festas?! Qual crise? Quais tempestades? Eu acredito nas coisas boas da vida, conheço muito boa gente, tenho passado uns bons almoços com a malta amiga e tenho a cisterna cheia!... Bem vistas as coisas até preferia que 2011 não chegasse mais! Quanto mais não seja para o Presidente da República não dar a mensagem de ano novo!...
Eis a minha mensagem:

17 comentários:

Camolas disse...

Estou-me cagando para o 2011 Camarada, ficarei tranquilo, observando a "indústria da esperança".
Se me convidarem para brindes, brindarei à liberdade.

Abraços para os homens, beijos para as moças

Anónimo disse...

Tambem nao quero o 2011, anseio sim pelo 3011, para nao estar ca para ver, nem ouvir...só dormiiiiiiiiiiir!!!

P.S: Existem capacidades que nunca deviamos perder, mas acho que compreendo, eu p'ra lá caminho!!!

DDD

antonio - o implume disse...

Meu caro desejo-te um 2011 cheio de tudo aquilo que detestas... (como costumo falhar, espero desta vez acertar.)

Zé Povinho disse...

Também não sei se desejo assim tanto a chegada do novo ano, mas esperando que os desejos do vídeo se realizem, vou fazer um esforço.
Bom Ano.
Abraço do Zé

samuel disse...

Dispenso sobretudo a "passagem"... confesso que nunca entendi.

Abraço.

O Puma disse...

A chatice

é que 2011 está aí

e de trombas

do Zambujal disse...

Conho!
Estás muy ibérico, carago.
Quan to ao resto tudo bem... fiquemo-nos em 2010. Mas, se me deixares escolher, não era este ano que escolhia.
Talvez, sei lá..., 1974!
Pode ser?

Um abraço

donatien alphonse françois disse...

A TI,Majestática figura desejo-te que não passe o ano...
Então aos biltres que azedam a nossa existência desejo o pior possível, não que partam uma perna, que isso é muito teatral, e gostam, mas que lhos partam.

donatien alphonse françois disse...

O ritual de passagem para o pinóquio e sus muchachos era na Barca...

MARIA disse...

É tudo isso que Vossa Majestade deseja aos seus amigos e ainda paz na Terra. Não se esqueça que o que se deseja aos outros retorna a nós...

:)

Um beijinho amigo
Bom ano novo :)

Maria

quink644 disse...

Com a devida salvaguarda a sua majestade...

http://porquemedizem.blogspot.com/2010/12/obviamente-cagando-o.html

Compadre Alentejano disse...

Os desejos de um bom ano de 2011.
Abraço
Compadre Alentejano

opolidor disse...

vamos levar com ele !!
abraço

opolidor disse...

vamos levar com ele !!
abraço

O Guardião disse...

Boas entradas, que o tempo não pára.
Cumps

Ferroadas disse...

Nunca, mas mesmo nunca liguei a essa coisa de passagem de ano, não será o mesmo que passagem de dia, de semana, de mês, enfim, não será o mesmo? Hoje não é segunda-feira? E amanhã terça?

Não serão estas festividades burguesas a forma ou formas que essa mesma burguesia tem para se enfeitar e aperaltar e aparecer em festanças mais ou menos alternadeiras?

Claro que cada um tem a liberdade de fazer o que muito bem entenda, mas, amigo Pata-Negra, para mim a passagem do ano é igual a outra passagem qualquer.

Abraço

SILÊNCIO CULPADO disse...

Pata Negra/Majestade

Também não gosto de ouvir as mensagens do PR, do PM e essa coisa dos pobrezinhos infelizes que se têm que ajudar nesta altura.
Quem fez os pobrezinhos, quem foi? É como o bombeiro que ateava o fogo para depois ser um herói quando o ia apagar.
O 2011 só me trará esperança e ânimo se te for encontrar na Presidência.

Abraço esperançado