sábado, 4 de fevereiro de 2012

11 de Fevereiro

"'É um fenómeno curioso: o país ergue-se indignado, moureja o dia inteiro indignado, come, bebe e diverte-se indignado, mas não passa disto. Falta-lhe o romantismo cívico da agressão- Somos, socialmente, uma sociedade pacífica de revoltados' - Miguel Torga, Diário (17.09.1961)'"

8 comentários:

jrd disse...

Lume brando aquece mas não ferve.

bfs

antónio ganhão disse...

Este povo não merece a sombra à qual descansa.

Generosa disse...

A mim não me enganas tu,
a panela ao lume
e o arroz está cru

Pata Negra disse...

Oh Generoso! Como eu te compreendo!
Miguel Torga rapaz, foi um escritor!

Zé Povinho disse...

Até um dia meu caro, até um dia!
Abraço do Zé

samuel disse...

Grande Torga!

Abraço.

salvoconduto disse...

Eu inclino-me mais a dizer que somos um país de mansos, até que um dia o laço se rompa e alguém diga, aí vai o touro! Aí nem Torga nem o caralho lhes vale, por muito que queiram mandá-lo para o matadouro, farto de ser picado encornará decerto alguém pelo caminho, espero é que sejam muitos.

O Guardião disse...

Uma das características dos mansos é que quando alguém abre o caminho, os que estão lá atrás fazem pior do que os que os antecederam...
Cumps