segunda-feira, 18 de junho de 2012

Cristiano Ronaldo todo nu

Antes demais deixem-me dizer que sei que estes desabafos são contraproducentes - quanto mais desabafamos, menos interessantes nos tornamos e, este blogue é real, cortês mas é caseiro, é de gaveta.

Não quer isto dizer que não se acompanhem as visitas, quantas, de onde e o que apreciam. Se se tem casa aberta é para servir os clientes e eles existem e são observados e contabilizados em aplicações que servem para isso mesmo. Observei agora, e só agora, que esta pocilga ultrapassou as 100 000 visitas. Não é um grande feito, blogueres maiores se rirão de eu pretender assinalar essa contabilidade. 
Presto a modéstia, já foram de 80 a 100 diárias e agora são de 40 a 60 e tal. Muito pouco, portanto. Mas muito mais, acreditem, também não as exijo porque me exigiriam mais responsabilidade o que, os que me vão conhecendo, sabem que não é o meu forte. De qualquer forma já tive experiências piores: escrevi para o jornal da minha freguesia até ao dia em que me apercebi que as únicas pessoas que liam a minha coluna eram o pároco e a mulher do  director.

Quando descobri como é que se punha um contador de visitas - sou porco, não sou burro - coloquei-o a 100. Desde 2006 que outros blogueres-fidalgos acompanham este reino e sabem bem o que é que a corte gasta. São eles a parte mais valiosa das visitas. Outros o foram e foram-se cansados deste terrétété ou aliciados pelo hipermercado social do facebook. Deles e outros, registo 200 links/ligações.
Outras tantas visitas existirão de outra gente que veio ao encontro daquilo que procurava. Umas gostaram, voltaram, outras nem por isso. Também existem visitas de voyeurs cá do burgo, de amigos dignos desta identidade e minhas - pois claro! o autor da personagem, do espaço, do reino, do rei, também vem cá duas ou três vezes por dia ver o andamento do negócio!

Antes que me dê para acabar esta mensagem que pretendia ser curta, quero dizer-vos: o Rei dos Leittões  já conheceu melhores dias, provavelmente poderá vir a conhecer piores dias, poderá estar parado dias, meses, perderá leitores mas não acabará lido apenas pela mulher do pároco e pelo director do google, acabará apenas quando o rei perder completamente as suas faculdades mentais.

Como vedes, visitantes, amigos, companheiros, camaradas, não estou num dos meus melhores dias. Estou quase sem faculdades mentais.  A intenção desta mensagem era revelar as motivações que, para além das já enunciadas, fazem ultrapassar as 100 000 visitas: títulos, frases, imagens que fazem os motores de busca incrementar contagens desejadas mas tantas vezes inócuas. Revelo então - e a esta altura do texto já estarei só a ser lido pela fidalguia, amigos bloggers que partilham das mesmas diversões contabilísticas - as mensagens que mais deram e continuam a dar pontos nas visitas:
1º lugar - Sexo online, grátis, portuguesas - vá-se lá saber porquê!
2º lugar - O que é um transistor? - percebo porquê, você mesmo não sabe o que é!
3º lugar - De Moçambique afectuosamente - afectuosamente, eis a palavra chave...
4º lugar - Ary Toledo - O rico e o pobre - grande cantor, grande cantiga!
5º lugar - 16 - A Fábrica do Torneiras - nem eu, francamente, percebo porquê!
E anda para aqui o monarca em textos de escárnio e maldizer, em reflexões profundas ou banais, em políticas palacianas e de rua, em poesias de amor ou de vinagre, em histórias de amor ou de palheiro para ser visitado por dá cá aquela palha?! Percebeis agora o título deste post?! 

Este post vai ter muitas visitas. Poucos irão além da primeira frase. Meia dúzia, talvez sete, chegará ao segundo parágrafo. E só tu, meu grande amigo, o leste todo -  afinal, ainda tenho uma razão para continuar!

Para não ser desmancha-prazeres:

Não está?! Para mim é como se estivesse! Estou-me borrifando para a nudez do rapazote!

8 comentários:

Alberto Cardoso disse...

Parabéns! E nunca desistas.
Alberto Cardoso
(Já saí da prisa).

O Puma disse...

O teu espaço

é imperdivel
pela forma e conteúdo
Não desistas
deste serviço público

Abraço amigo

O Guardião disse...

Não são apenas os números que contam, mas as ideias e os leitores atentos. Já gora, não há por aí uma imagem da Irina, que me parece muito mais interessante?
Cumps

samuel disse...

Pois é... os "títalos" são extremamente importantes! :-) :-)

Abraço.

salvoconduto disse...

Uma coisa é certa, por aqui o rei não vai nu, isso é que importa, quem não gostar que faça palavras cruzadas.

Abraço.

gina henrique disse...

Eu juro que não sou diretor de jornal, nem mulher de nenhum pároco e confesso que li o post por inteiro ( nem sequer na diagonal ) e por isso quero deixar os meus parabéns pela data em causa pelo trabalho do autor do blog, e lembrar que a quantidade nem sempre é tão importante como a qualidade(no que diz respeito aos leitores claro!). Sendo assim continuação de bom trabalho e por mim gostei de ver o Ronaldo !!!

Anónimo disse...

Ao que tu chegaste para vender o pasquim! Mas onde é que foste arranjar uma foto destas?!
Como é que se produz um texto à volta deste tema? Parabéns pelo sentido de humor! Claro que li até ao fim e estou curioso para saber se o recorde de visitas será batido. Penso que a palavra "nua" produziria mais resultados do que a palavra "nú", mas é só um palpite. Depois a coisa também dependerá da associação que se fizer à palavra. Que tal Manuela Ferreira Leite?
zerui

Judite Castro disse...

Cá por mim, podia ter deixado o texto inteirinho tal qual está e ... acho eu, não desmanchava prazeres nenhuns se poupasse a fotozita. Também quem é que o quer ver nu?
Obrigada pelas preciosas leituras que nos proporciona. Continuo freguesa