quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

Passos, Relvas e equívocos


Não foi Passos que trouxe Relvas ao poder, foi Relvas que levou Passos ao governo. Por isso, não faz sentido nenhum perguntar porque é que Passos não demite Relvas, Relvas é que pode afastar Passos. O primeiro ministro não é o ministro mais poderoso, o ministro mais poderoso é Relvas. Estão a afundar-se juntos? Ainda bem, um de cada vez seria um desperdício noticioso. O pior é que estão a levar o navio com eles!!

4 comentários:

Jorge P.G disse...

Não duvido que foi Relvas que levou Coelho ao poder. E, por isso, Coelho o mantém no executivo. Mas ao mesmo tempo Relvas serve de hairbag ao próprio chefinho e a Gaspar.
Relvas é odiado, os outros são apenas intolerados por grande fatia da população. E enquanto o ódio se vira para Relvas, os outros vão andando... ainda que nús.

Anónimo disse...

Na Mouche!

jrd disse...

O Relvas é o colete de salvação do Coelho, quando rebentar este afoga--se.

maceta disse...

esta azêmola há-de ir para o estábulo como se faz às alimárias...
abraço