domingo, 2 de junho de 2013

Onde estão os teus cantores?

Meu Deus, o povo está só!
Onde estão os poetas que cantavam o povo a desfilar nas avenidas?
Onde estão os cantores que pintavam as ruas cheias de esperança?
Onde estão os pintores que escreviam as dores de cada janela?
Onde estão os autores que esculpiam martelos com corações?
Onde estão os escultores das pedras que falavam?
Onde estão os oradores que ouviam?
Onde estão as crianças?
Meu Deus os povo está só!
As crianças não nascem, os jovens não nascem, os pais não nascem, os velhos não nascem!
Há só um verbo: trabalho!
tenho trabalho! não tenho trabalho!
ter trabalho! não ter trabalho!
Cum caralho, já disse um palavrão!
Não há um fdp dum poeta que escreva vermelho!
Não há um fdp dum cantor que paute intervenção!
Não há um fdp dum pintor que pinte um pintelho!
Não há um fdp dum autor que escreva um palavrão!
Não há um fdp dum escultor que esculpa um espelho!
Não há um orador com um colhão a mais do que um coelho!
E as crianças senhor?
Meu Deus o povo está só!
Até Deus fugiu para o céu onde está impávido e sereno à espera que a crise passe!
Meu Deus, o povo está só
à espera da esperança,
desconfiado mas com confiança
nos seus artistas.

O povo está só à espera que o povo aja!

haja paciência - agi-agi-agi-agi-agi-agi-não fugi-ai-ai que morro ali se não nascer aqui-ai-ai-que me aleijei-ai-ai que me fodi- até que enfim que ordinari - pronto enlouqueci!
Eu - Porque escrevi assim?
Comentador anónimo - Texto muito bonito, sentido e sem sentido, és um fdp, és um burguês!...
Eu - Eu?!... Quem está nos hotéis são os cantores!...

8 comentários:

cid simoes disse...

Este poeta age; haja esperança!

salvoconduto disse...

Gosto de te ver assim com azia, juro.

Abraço de um gajo que não canta, apenas desafina.

Rogério Pereira disse...

O povo está só
tá só, tá só
tá só
de uma banda só

Da outra banda
Não se espanta
Não se abranda
Não se perde
a confiança
Nem a esperança
Nem a luta
Contra os filhos da puta

O pior é a banda
em que o povo tá só
banda
quieta
branda
pateta
adormecida
que só lamenta
a puta da vida

Em minha opinião
Um dia, as mitades
Se ajuntarão

Boa?

jrd disse...

O povo está só à espera, mas o povo parece que está só...

José Lopes disse...

Protestar causa incómodos e poucos são os que escolhem a linha da frente...
Cumps

Zé Marreta disse...

O meu já morreu: era o Dino Meira.
Dizia o gajo que valia mais um mês cá que o ano inteiro lá (França)...

Saudações!

samuel disse...

Está só... e mal acompanhado!!! :-) :-)

Abraço.

O Puma disse...

O povo está contigo
Tens uma grande responsabilidade
Só mas nunca isolado