sábado, 4 de julho de 2015

Desliguem os televisores

Olhando o poderio bélico-financeiro com que as elites capitalistas estão a atacar a Grécia, olhando as massas que dormem nas praias e gritam nos estádios, olhando o enxame de filhos da puta que enche as televisões, digo-vos amigos, companheiros e camaradas, não é tempo de avançar mas sim de abrir trincheiras, não é tempo de ir com os outros mas sim dos convidar, e não mudem de canal para  os não ouvir porque irão certamente ver uma série americana.

Leiam a história antiga, a média, a moderna, a recente e a de agora. A irmã grega está nas mãos da fera, o irmão tuga dorme nos olhos da serpente, os nossos filhos esperam que os ensinemos a ler. Abramos trincheiras nas nossas biblotecas, enchamos de água o mar para acabar com as praias e termos mais peixe, liguemos o autoclismo e desliguem os televisores - eu já parti o meu com uma mini Sagres.

Foi só para dar de comer ao blogue. A minha vida profissional, familiar e social não me tem dado espaço para pensar escrevendo. Leio, tenho lido. A blogosfera amiga está entrincheirada. Se levanto a cabeça, ainda levo um tiro do inimigo. Amigos, companheiros e camaradas, um dia destes vou arranjar tempo, tenho as armas limpas, formaremos secções, pelotões e companhias porque afinal daqui nos conhecemos. Viva a corte! Viva a fidalguia! Viva o povo! Abaixo a burguesia!

11 comentários:

cid simoes disse...

Como um tiro, um pequeno texto que protege e agride. Muito, muito bonito.

Zambujal disse...

VIVÓ! E aí estás tu dialecticamente te desmentindo e, por isso, dizendo as verdades como punhos cerrados e ao alto (como as vozes...)
A escrever pensando assim estás. E és. Tão necessário nas trincheiras. A dizer coisas que nos retratam, muito seriamente e fazendo-nos rir. Que rara virtude! Se fosses republicano votava em ti para seres o que és: REI.
O panteão fica para depois...

Soutaria disse...

Ainda tens Sagres?

JFrade disse...

Disse Varoufakis:

O referendo de 05 de Julho vai ficar na história como um momento único quando uma pequena nação europeia se levantou contra a dívida de servidão.
Como todas as lutas por direitos democráticos, assim também esta rejeição histórica de 25 de Junho ao ultimato do Euro-grupo vem com uma grande etiqueta de preço em anexo. É, portanto, essencial que o grande capital concedido ao nosso governo pelo esplêndido NÃO, seja imediatamente investido num voto SIM para numa resolução adequada - a um acordo que envolve a reestruturação da dívida, menos austeridade, redistribuição em favor dos necessitados, e reais reformas.
Logo após o anúncio dos resultados do referendo, eu estava ciente de uma certa preferência de alguns participantes do Euro-grupo, e de vários parceiros, pela minha ... "ausência" de suas reuniões; uma ideia que o Primeiro-Ministro considerava potencialmente útil para ele chegar a um acordo. Por esta razão eu estou deixando o Ministério das Finanças hoje.
Considero que é meu dever ajudar Alexis Tsipras explorar, como lhe aprouver, o capital que o povo grego nos concedeu através do referendo de ontem.
E vou vestir a aversão dos credores com orgulho.
Nós da Esquerda sabemos como agir colectivamente sem cuidar dos privilégios de escritório. Vou apoiar plenamente o primeiro-ministro Tsipras, o novo ministro das Finanças, e nosso governo.
O esforço sobre-humano para honrar o bravo povo da Grécia, e do famoso OXI (NÃO) que concedeu aos democratas de todo o mundo, está apenas começando!...

JF

jrd disse...

Mas olha que valeu a penam olhar a pantalha, vibrar com a vitória de uns e gozar com a derrota de outros.

Um abraço

heretico disse...

"pedimos desculpa pela interrupção, o programa segue dentro de momentos"...

haja esperança e força na verga!

José Lopes disse...

Já deixei a trincheira há algum tempo e parti por aí a descoberto, porque dos fracos não reza a história, que é a minha leitura preferida...
Cumps

Alberto Cardoso disse...

Olá Majestade
Pois é verdade, sou eu de novo. Cruzei-me com o Dr. Armando Vara: eu a sair e ele a entrar. Estou a brincar. Eu saí ontem à tarde mas foi de um Estabelecimento aqui mais para o Norte. Mais quatro meses mas bem merecidos. Quando a cabeça não tem juízo…
Diga-me Majestade, como vai sua Alteza Real, sua Realíssima Esposa, os Infantes e o Real canito. Espero que estejam todos de boa saúde.
Já li alguns dos postes de Sua Majestade e reparei que está em forma, que não perdeu aquele jeito de contar uma história que mais ninguém tem.
Agora, Majestade, tenho que ir. Amanhã ou assim volto aqui outra vez.
Uma vénia para Sua Alteza Real, Realíssima Família e Real canito.
Alberto Cardoso

JFrade disse...

FILHOS DA PUTA!
NÃO HAVIA NECESSIDADE DE HUMILHAR, A GRÉCIA E O POVO GREGO, DESTA MANEIRA.
QUEREM FAZER "AJOELHAR" O GOVERNO GREGO, DEMOCRATICAMENTE ELEITO, DE UM MODO INFAME.
AJOELHAR OU RASTEJAR?
FILHOS DA PUTA!
OS POVOS DOS PAÍSES DO CENTRO E DO NORTE DA EUROPA FORAM MANIPULADOS PARA ACREDITAREM QUE OS POVOS DO SUL NÃO TRABALHAM, NÃO PRODUZEM, PASSAM A VIDA NUMAS FÉRIAS PERMANENTES.
EMBORA OS ESTUDOS ESTATÍSTICOS DESMINTAM ESSA IDEIA.
NA VERDADE ELES INVEJAM O SOL, AS PRAIAS E A GASTRONOMIA DO SUL. NÃO TÊM SOL NEM PRAIAS DE JEITO E SÓ COMEM MERD, DIGO, PORCARIAS. DAÍ A RAIVA, A INVEJA.
E A VINGANÇA!
PARVALHÕES. ESTÚPIDOS COMO SÃO, NÃO PERCEBEM QUE ESTÃO A DAR CABO DA UE. NADA SERÁ COMO DANTES. A DESCONFIANÇA ESTÁ INSTALADA. DOS 19 DO EURO, TODOS VÃO DESCONFIAR DE TODOS. DOS 28 DA UE, NINGUÉM VAI ACREDITAR EM NINGUÉM.
FILHOS DA PUTA!
JF

Anónimo disse...

https://www.youtube.com/watch?v=G99Xyj-EVvo

João Miguel Salgueiro Gameiro disse...

Viva !
A minha está desligada .


Aquele abraço de sempre Majestade, amiga !