sexta-feira, 2 de fevereiro de 2018

Deus é Grande!...

E Merkel a nossa profeta.
ALEMANHA

Produção parada nas fábricas da BMW, Mercedes e Airbus.


Então, e o que dizem agora quanto aos madraços dos trabalhadores da AutoEuropa e das lutas que tanto denegriram?

«O sindicato metalúrgico IG Metall convocou greves de 24 horas até esta sexta-feira afetando 260 empresas. Estas greves são o “último aviso” alertam os representante de quase 3 milhões de trabalhadores alemães, numa ação sem precedentes desde 2003»

«Algumas das exigências que estão em causa contemplam um aumento de 8% durante 27 meses no salário dos trabalhadores assim como uma redução da carga horária semanal de trabalho de 35 horas para 28 horas durante dois anos, que os trabalhadores justificam como necessária parapoder cuidar de crianças e familiares mais velhos ou doentes, refere a "Reuters"»

Merkel já advertiu os sindicalistas: se continuarem a reivindicar, transferimos as fábricas para Palmela.

2 comentários:

Rogerio G. V. Pereira disse...

Já Tá Lá Link

PS- embora pareça, isto não é chinês

Manuel Veiga disse...

"Proletários de todo o Mundo, Uni-vos!..."