quarta-feira, 2 de junho de 2010

O Acto

Eu falei que isto ia dar merda! Postei isto em 9 de Julho de 2007. O estuário do Tejo, Lisboa, o país, nunca mais foram os mesmos. Não está actual e tudo indica que já passou o orgasmo.

Legenda: não tenho pincel para mais.

Eles estão aí
Tomando posições, ocupando lugares, arrastando cadeiras!
Uns assistem, outros dão assistência,
Uns apontam notas, outros apontam o dedo!

A televisão é a ordem, a informação a fonte segura!
A estátua é outdoor, a acção é a comitiva,
A lei é o fax, o estudo, a circular!
Eles estão aí!
“Senhores à força, mandadores sem lei”…
Sócrates vive a sua grande noite! O seu acto! O país vive as trevas do seu eclipse.
A virilidade do traste está à prova. É evidente o recurso ao "viagra"! A sua esterilidade é evidente!

Há rapazes de fato preto e aprumado empunhando as velas, preparando clisteres, agarrando as toalhas, afiando as línguas, castrando os cavalos, puxando as cortinas, ligando holofotes, apagando luzes, para que Sócrates possa foder a nação! São os mordomos de companhia!
Eles andam por aí!
"São os mordomos do Universo todo"

Já ocuparam as sedes, as escolas, os jornais e a repartição!
Entram pelos arraiais de microfone ao alto,
estão na paragem auscultando a conversa,
carregam as urnas das suas vítimas,
selaram as urnas das suas escolhas.
Eles estão em toda a parte e veem na noite!
"Dançam a ronda no pinhal do rei"

A legitimidade das sondagens assegura à nação uma longa e escura noite!
Muitos preparam-se para ficarem acordados! Muitos adormecem embalados!
Uma madrugada destas a praça imunda viverá a ressaca e concluirá acerca da inutilidade da festa grande!

A arrogância da corja de Sócrates sedimenta-se na ideia da perpetuidade da sua grande noite! Os boys vão assegurando lugares seguros e reformas generosas.

Já só tenho ideias e sentimentos a granel! Entrei no estado de revolta! Acredito que em certas intimidades se esteja preparando a revolução!
Tenho de ir dormir! O acto de Sócrates é uma violação!
O seu governo está para a democracia assim como a pornografia está para o amor!

A falsa nobreza da classe da classe política! Um ciclo com fim em si mesmo!
"Vêm em bando com pés de veludo"
Eles andam por aí!

12 comentários:

isabel mendes ferreira disse...

e são aos molhos...e andam camuflados...

e
e
e
raios! que ódio.


_____________haja quem. os denuncie. como Tu.


abraço.

Watchdog disse...

...E aí está mais um job para o boy Júdice!... Coordenador da zona ribeirinha de Lisboa! Isto, se o Costa vencer... Desavergonhados coirões!

pita-cega disse...

Mais grave que "eles" andarem aí, é "eles" andarem disfarçados de democratas. São como os vampiros (morcegos), que vêm pela calada da noite e cuja saliva possui um analgésico para que a vítima não sinta a dor da "ferroada". A diferença é que estes vampiros já perderam todo o respeito pelas vítimas e "sugam-nos" a qualquer hora do dia ou da noite.

Moriae disse...

São os vampiros ... o Zé é que sabia ...

Ferroadas disse...

Sabemos que o dito fode o país inteiro, mas a primeiro estucada, segundo a imagem, é aqui pelos meus sítios. Porra para, isto levo com "ele" à entrada e à saída.

Abraço

O Guardião disse...

Já tivemos uma longa noite do fascismo, agora temos o crepúsculo do xuxalismo, que espero não dure tanto. A anestesia do Papa passou, agora vem a do futebol, mas o apelo da barriga vazia talvez acorde consciências que a razão ainda não consegue despertar.

Cumps

Marreta disse...

O Ferroadas está certo, apesar do gajo ter o pincel nos joelhos, a 1ª estucada é dele, mas ainda abrange uma área que é capaz de ir até Santarém e mesmo Ourém. O melhor mesmo é pôr lá no poleiro uma fêmea, pode ser que a coisa se inverta.

Saudações do Marreta.

Pata Negra disse...

Parece-me que há para aqui uns comentadores que vivem para os lados de Alcochete - o ponto G. Eu estou no estômago!
Um abraço a comer e a não calar

salvoconduto disse...

Andam aí e já não cuidam de se esconder...

Anónimo disse...

"Perguntei ao vento que passa noticias do meu país, o vento cala a desgraça, o vento nada me diz!"
...

Anónimo disse...

"Perguntei ao vento que passa, notícias do meu país, o vento cala a desgraça, o vento nada me diz!..."

MARIA disse...

Majestade,

Acho este texto Majestoso, simplesmente...
"A lei é o fax, o estudo, a circular"
"Já ocuparam as sedes, as escolas, os jornais e a repartição!
Entram pelos arraiais de microfone ao alto,
estão na paragem auscultando a conversa,
carregam as urnas das suas vítimas,
selaram as urnas das suas escolhas."

"Os boys vão assegurando lugares seguros e reformas generosas."

"... Sócrates ....!
O seu governo está para a democracia assim como a pornografia está para o amor"

Tenho que dormir!
Sem dúvida, só quem está muito lúcido e muito acordado é capaz de falar assim.

Um beijinho muito amigo
NB - Eu também tenho que dormir...

Maria