sexta-feira, 7 de setembro de 2007

Leitão à Sexta

Tenho pena que a minha competência técnica não me tenha permitido retirar a música e o vídeo deixando-vos apenas a letra. A música faz-me lembrar “o calhambeque bip bip” e quanto ao vídeo eu nem sequer conheço as moças, estavam lá na pensão e pediram-me que as filmasse e eu filmei-as, desatento, com os olhos postos na letra.
Este poema diz-me muito, se não o perceberem à primeira façam “replay” e ouçam novamente, mais que não seja para ver se me entendem. A melodia trejeita de vulgaridade, as moças são divertidas como muitas outras, mas a letra!....
O leitor deve estar a pensar com o seu monitor, este tipo deve achar que eu tenho tempo para perder com as suas “bananalidades”! Mas por favor compreenda-me, reconheça que a letra se me encaixa, a música com o mundo e as moças consigo. Reconheça que fazemos parte de um triângulo supérfluo onde eu estou a mais! Vou dormir!

8 comentários:

MARIA disse...

Muito criativo...
Se me permite um conselho, vem de um médico amigo meu : não concentre na sexta feira toda essa feijoada, ainda tem indigestão. Não há como dosear as refeições, reparti-las a bom gosto por diferentes horas e dias. Ajuda a manter a linha , trás grande satisfação.
Vai ver que se assim fizer, um pouco todos os dias, passa a olhar com outros olhos para essas 3 Marias...
Posso só trocar as meias daquela ali? ... O resto até que ...
PAZ e AMOR não se zangue com a brincadeira , por favor...

Zé Povinho disse...

Afinal é porco, ou leitão? O fulano não se decide a não ser com a feijoada... eheheh
Talvez depois do exercício, as meninas a mereçam, já para mim, a esta hora, dispenso. Fica para outro dia, já agora com as bailarinas, se não houver inconveniente
Abraço do Zé

Raposa Velha disse...

Eu cá gostei e colei o rótulo "grande cowboyada" :)

João Rato disse...

maria
zé povinho
raposa velha
apenas pedi atenção à letra por ciúmes, receei que me mirassem demais as minhas moçoilas de estimação
sexta há mais, um abraço

Anónimo disse...

Eh pá, não estou a perceber nada. Saí na 5.ª feira e cheguei agora. Pontapeie o cão, pisei o gato e parti um jarrão da dinastia Ming (comprado há dias na loja dos chineses aqui ao lado) para vir, a correr, ler o "Leitão à Sexta" e afinal...nada! Apenas um espaço em branco a seguir a um texto que deixa perceber que devia estar ali uma coisa porreira. E uns comentários que deixam adivinhar que estou a perder qualquer coisa importante. Explica lá, João amigo, como posso aceder ao que não está lá ou, se está, eu não vejo.

MARIA disse...

Caríssimo João Rato,
Foi muito delicado na sua resposta. Muito obrigada.
Já agora, como representante que sou também do sexo feminino deixe-me dizer-lhe um segredo : percebe-se perfeitamente, nada receie, por isso, que ali as três moçoilinhas, por muito que olhem para elas, só terão OLHOS para si.
Vénias
Maria

João Rato disse...

Oh Zé, perder esse video é pior do que perder a comunicação de ano novo do presidente da república. És o primeiro a queixar-te, espero que hoje consigas, caso contrário tenho que ver o problema. É muito provável que isto tenha a ver com a vigilância da blogosfera. Se o problema persistir diz alguma coisa, nem que eu tenha que te enviar uma cassete beta pelo correio.
abraço

João Rato disse...

Maria
o tipo que está por detrás da câmara é sempre um pacato discreto. Se reparar elas nunca olham a câmara e têm um espelho de guarda vestidos atrás, são umas narcisistas!...
Mas eu não me importo, também só liguei à letra.
bjs