sexta-feira, 4 de janeiro de 2008

Leitão à sexta

Dia 1, a pão e água.

Dia 2, morreu o animal de estimação cá da casa e na certeza de que não foi para o Céu, aliviei o sofrimento do resto da família dizendo apenas: desapareceu.

Dia 3, o doutor, face às análises e ao frequente tumulto intestinal, aconselha-me um "ramadão".

Dia 4, o carro, também devido aos gases, chumba na inspecção.

Dia 4 à noite: recebo, via e-mail, esta imagem com a legenda:


Portugal na vanguarda da investigação genética

Com entradas destas, prefiro só a sopa. Com imagens destas, dispenso o segundo. Não há dinheiro para sobremesas.


Ano 2008, a era Sócrates em todo o seu esplendor!


26 comentários:

Zé Povinho disse...

Que raio de sorte, amigo. Eu julgava que os azares só tinham batido aqui à minha porta mas pelos visti à mais focos desse mal.
O cartaz dessa foto merece uma referência em todas as revistas científicas.
Está tudo do avesso, até o socialismo cá da terra.
Abraço do Zé

SILÊNCIO CULPADO disse...

Pata Negra
Junto-me ao muro das lamentações. É que chatices também não me têm faltado.
Mas essa do frango à leitão, é demais!... Olha estou infeliz. Tudo é ruim. Não tenho onde votar. Tem que ser branco ou então vamos todos "à pala" e fazemos uma revolução. Já temos Rei. E para termos um socialismo destes mais vale uma monarquia. A monarquia dos leitões entenda-se.
Um abraço desanimado

Boris disse...

Pata Negra, Pata Negra
tanta coisa a te faltar
o teu fado é como o meu
que não me deixa levantar.

Ando sempre pelo chão,
neste lento caminhar,
agarrado ao meu bordão
na esperança de me encontrar

Pata Negra, Pata Negra
é bem triste o vegetar
neste país bem cabrão
p´ra quem tem que trabalhar.

Pata Negra, Pata Negra
temos que os pôr a andar!

Pata Negra disse...

Zé Povinho
Deve ser das primeiras vezes que um ano começa assim, ainda mal começou e já é para esquecer!!
Com um abraço do Sócrates

Pata Negra disse...

Silêncio
não tarda muito ainda aparece para aí um blog Rei dos Franggos com sabor a Leitão!
Vamos à pala sim, mas por enquanto ainda estamos na fase de Natal:
a Pala é sempre que uma pessoa quiser!
Um abraço com um bato-te a pala

Pata Negra disse...

Boris, faz-te ao caminho
não esperes que o pior venha
por mim não ficas sózinho
se o destino for a Espanha

Alberto Cardoso disse...

Majestade.
Curvo-me, comovido e solidário, perante um início de ano tão atormentado. Não bastava 2008 encontrá-lo no tapete com a sua legítima (o que, convenhamos, não é muito prestigiante para um Rei embora admita que era muito pior se tivesse sido apanhado em flagrante com uma concubina), não bastava isso, dizia eu, para, de seguida o médico o pôr a pão e água (por causa dos gases, suponho) o bichito de estimação esticar o pernil (seriam gases?) e até a viatura Real estar, também ela, com gases. Temos que reconhecer que, de facto, são gases, digo, azares a mais! Este começo de ano não augura nada de bom. Lamento dizê-lo, mas é o que eu percepciono. E eu sou muito bom a percepcionar, passe a imodéstia.
Sou íntimo de uma “senhora de virtudes” que poderá endireitar a vida de Sua Alteza (da vida sei que sim, do falo não falo) e que até nem leva caro. Se sua Majestade estiver interessada, é só dizer: consigo uma consulta em menos de 6 meses!
Pêsames pelo bicho e cumprimentos, extensíveis à Rainha e aos Principezinhos.

quintarantino disse...

... catano... que semana aziaga! um bom verdasco não ajudará?

Tiago R Cardoso disse...

definitivamente tem coisas que nos acontecem que tratam logo de estragar o ano novo ao pessoal...

Pata Negra disse...

Alberto Cardoso
Agradeço-lhe a atenção e a cunha para a consulta. Espera de 6 meses?
Meio de 2008? Aguento mais 6 meses e estou em 2009, o ano de todas as esperanças!
Um abraço de 2009

Pata Negra disse...

Quintarantino
verdasco? umas rezas com azeite se houvesse quem m'as fizesse!

Pata Negra disse...

Tiago
Obrigado, valham-nos as tuas notas soltas!
Um abraço

Savonarola disse...

Caro Pata Negra,
Como teu solidário amigo nestas tristes andanças políticas, lamento ter de te sugerir um Ramadão sem pôr-do-sol, tás a ver?
O Sócrates quer enfraquecer-nos de tal forma, qu'é p'ra nos calarmos de vez. De vez?!
Revolução anarquista, já!
Abraço emagrecido...

O Guardião disse...

Não estava escrito nas estrelas que o ano de 2008 viesse a ser um ano benéfico para os habitantes deste jardim à beira mar plantado. Eu já pedia só alguma paz e bastante saúde para aguentar as tormentas anunciadas, mas parece que nem isso nos bateu à porta.
Já comecei a apontar as baterias para 2009, o tal ano do alargar do cinto, mas vou esperando sentado para não me cansar.
Cumps

Marreta disse...

No meio disto tudo ainda tenho pena é do animal de estimação.
Também era suíno?
Ramadão? Então nada de suínos. Manda o Corão.
Frango tipo leitão. Hummm, será no Entroncamento?
Saudações do Marreta.

NINHO DE CUCO disse...

Bom, se é frango tipo leitão já fico mais descansada. Tinham-se falado que era cuco e eu já sentia as penas a arder.
É que desde que Sócretino subiu ao poder este Portugal anda pervertido.
Abraço com penas

Kaotica disse...

Desculpa não sei se me hei-de rir se te hei-de consolar! Realmente este ano cheira-me mesmo a frango tipo leitão (e isto não tem nenhuma alusão à tua excelente pessoa). Para já temos um Cavaco tipo discurso de esquerda e um Sócrates tipo a dar as boas festas às criancinhas.Logo no dia um já nos leram a buena dicha dos aumentos astronómicos que por aí vêm.
Está tudo teso e nem bonitos estamos porque estamos todos fartos desta seita que se instalou.
Portugal, é hora! de correr com esta gajada dos bancos e dos ministérios e das europas e deitar mãos-à-obra para podermos viver num país mais decente.
Um abraço. Desejo-te um bom Domingo.

Anónimo disse...

Amigo Zé Manel - o comuna como te chamávamos á uma data de anos. Subiste na vida, esta-se a ver e até tens um blogue que é visto por gente importante. Não gosto do pata preta. Por causa do tempo de miúdos das matanças da fabrica e como eras esperto que nem um rato gostava mais do João rato. Sempre que venho á vila venho ao café do Tiago dar umas vistas de olhos á internete e gasto 2 ou 3 euros só para vir aqui ver o que puzeste e o que os teus amigos diseram. É porreiro. Hoje o Chico Ze trouxe uuma morcelas com arrôs, arranjou-se broa, e bebemos umas cervejas. Ja é tarde mas amanhã é domingo e vou dormir mais um bocado. O pessoal daqui manda cumprimentos e eu um grande abrasso do amigo Fernando farrusco, como tu me chamavas porque era eu quem estava incarregado de dar lume ao fogueiro da fábrica. Já me esquecia, Bom ano para ti e para a família.

MARIA disse...

Sobre este "leitão à sexta" com sabor a frango e alguma dor à mistura, vou dizer-lhe o que diria a um especialíssimo amigo :
aproveite o franguinho (a época não permite desperdiçar nada )e com ele peça que lhe preparem uma canjinha de carinho e de ternura. Tome-a quentinha, pertinho da lareira e espere...
Basta esperar um pouco...
Tudo acabará por passar...
(Infelizmente, até nós...)
Um beijinho amigo
Maria

Watchdog disse...

Está boa! Pelo menos não te falta o humor e isso já é bom sinal!

1 Abraço!

Pata Negra disse...

Savonarola
Nas intimidades da blogosfera está para ser fecundada uma revolução.
Um abraço anarquista

Pata Negra disse...

Guardião
Paz e saúde e que morram eles com o nosso dinheirinho!

Marreta
Tu estás a duvidar so Soberano?!

Ninho de Cuco
Será frango criado em curral de leitões?!

Kaótica
"Quem sabe faz a hora, não espera acontecer... vem vamos embora"

Pata Negra disse...

Olha o meu amigo Anónimo que vai para a Internete às 3.37 da manhã ao café do Tiago que fecha às 10 que escreve mal de propósito para parecer autêntico e que nunca pôs os pés na minha santa Terrinha.
Bom esforço mas tens de dar um Sinal de que és de lá!
Um abraço e volta sempre

Pata Negra disse...

Maria
Só troco o frango pelo leitão por causa do colateral ou colesterol ou lá como é que ele se chama.

Watchdog
Está boa, está bela,
sem armar banzé,
Entornou-se a panela
trailarilolé
Um abraço é que é

NuNo_R disse...

Meu Amigo, se fosse gato tipo coelho é que eu tinha algum receio Lol


abr...prof...

NuNo_R disse...
Este comentário foi removido pelo autor.