sexta-feira, 27 de junho de 2008

Leitão à sexta

Este fim-de-semana vou foliar. A Terrinha não escolheu o Joãozinho mais novo, queridinho do Mestre, nem o Toino namoradeiro, com cara de santo que nunca conheceu mulher! Não! Escolheu o Pedro, o maior, o das chaves! O que quando mija a gente diz que chove, o que quis ser pregado na cruz de cabeça para baixo para morrer com os pés no céu. A minha terrinha é assim!
Já sei que não vou ser eu a trazer o carro! Esta antecipação de certas decisões tem um efeito devassador! Podia não partir deste princípio e talvez o vento não batesse do lado de Espanha! Mas enfim! O contrário seria como ir para a praia partindo do princípio de que não me vou molhar! Ora uma pessoa quando vai à praia deve, no mínimo, descalçar-se! Se vai à praia gosta de mar, se gosta de mar vai ficar ali sem lhe tocar?! Pelo menos molhar os pés! Depois vem uma ondazita molha as calças, depois molhou-se a camisa e depois, olha, o melhor é tirar a roupa e ir ao banho.
O primeiro sinal é quando se entra numa daquelas filas que andam entre os pares e pelos contornos do arraial, a foliar ao som da música e onde cabe toda a gente mesmo que não saiba dançar. Oh, como eu adoro ir na rabicheira a puxar a assistência para aumentar o comboio.


Ó-i-ó-ai, fui comprar um manjerico
Ó-i-ó-ai, para enfeitar o meu porquito
Trago o meu toucinho todo engordorado
Que até mete inveja ao porco que é magro

6 comentários:

Zé Povinho disse...

Aqui está mais um súbdito que também vai festejar o dito das chaves e do tempos, o Pedrocas, atirando-se com ganas às sardinhas e com o olho no jarro do néctar dos deuses. Vou a pé, é mesmo aqui ao lado, por isso não gasto gasosa nem arrisco nenhum bilhetito amável dos cívicos que andam de balão na mão e apito nos dentes.
Bom fim de semana
Abraço do Zé

MARIA disse...

Viva Majestade.
Festa? São Pedro?
Pode ser que o santo dê um jeito de por algumas horas alegrar o reino, pese embora a especialidade deste, seja "meter água"...
Bem precisamos todos de um pouco de alegria.
Divirta-se. Seja feliz!!!

Compadre Alentejano disse...

Desejo umas boas-festas de S.Pedro ao meu amigo. Eu também vou ter festas aqui ao lado, mas não devo ir. Prefiro ficar em casa a tratar do Papa Açordas...
Um abraço
Compadre Alentejano

alberto cardoso disse...

Olá Majestade!
Espero que os "vapores" que as sardinhas e as fêveras assadas na brasa sempre exalam, não tenham feito estragos de monta e hoje, com uma canjinha e umas “Pedras”, tudo esteja normalizado. Espero, claro, também, evidentemente, que Sua Majestade e a Sua Majestática Família se tenham divertido à brava. Porque noites de S. Pedro não abundam e há que aproveitar quando uma aparece.
Longa vida para Sua Alteza e sua Real Esposa e Prole.
Alberto Cardoso

samuel disse...

E vivam as marchas "au flambeau"!
Sim, que nós não dizemos cá "fulambó", como certos e determinados. Ora essa!...

Abraço emporcalhado de sardinhas e tal.

AJB - martelo disse...

abençoados os porcos, os da verdadeira febra...