sexta-feira, 6 de março de 2009

Leitão à Sexta

Já o devo ter dito: inicialmente, a intenção do semanal Leitão à Sexta, era só postar uma imagem anunciando o merecido descanso de cada fim-de-semana. Também aqui falhei! Desta sexta falherei menos, em vez de uma imagem três mais uma. A última, pode não parecer mas também é um pouco porca. Domingo é o Dia Internacional da Mulher.


Enquanto houver Dia Internacional da Mulher as mulheres não serão iguais aos homens.

8 comentários:

lili canecas disse...

Esta mulher cansa só de a ver trabalhar.

A. João Soares disse...

Mas a hora da desforra está a chegar. Elas estão a preparar-se para a vingança, para a domesticação dos homens, alguns já estão domados e até já querem casar-se com homens. Há feitios para tudo!!!
Um abraço e bom fim-de-semana
João Soares

MARIA disse...

Majestade,
"Enquanto houver dia internacional da mulher as mulheres não serão iguais aos homens"
Majestade : as mulheres nunca serão iguais aos homens, embora algumas se assemelhem muito e vice versa :-)
E nessa diferença está o ganho!
Agora deixe-me dizer-lhe: enquanto o mundo regido por "homens sábios" de acordo com os inerentes critérios de masculinidade e sabedoria governarem nos governarem e decidirem a vida das mulheres, demonstrando-lhes o quanto elas são importantes para eles em especial porque até lhes concedem um dos gloriosos e esforçados dias de todos os que constituem os seus(deles) trabalhosos dias, a mulher nunca será pelo menos a cidadã cuja natureza demandaria que fosse.
Entre outras coisas...
Agora, quanto à diferença ... tudo a favor. Nada contra...
Diria mesmo : Et vive la ...

Um beijinho amigo

Maria

MARIA disse...

Passando de novo para me desculpar pelos lapsos gramaticais e erros do comentário anterior - é do esforço visual a que a imagem da trabalhadora forçada exige
:-)
bjinho

antonio - o implume disse...

Ninguém cumpre as promessas! Viva o dia da mulher, a senhora casada cá de casa foi jantar fora ontem e eu é que fiquei com as duas gajinhas terroristas cá em casa!

Jorge P.G disse...

VIVA A MULHER, PÁ! MAS VIVA TAMBÉM O HOMEM! Para quando um dia internacional nosso?

Senhoras como a da última imagem estão já em vias de extinção, mas ainda as há, sacrificadas até ao tutano. Malditos machos latinos!

Um abraço e um beijo às mulheres.

Mariazinha disse...

Sou contra dias disto e daquilo.

"Toda mulher deve ser amada
No dia-a-dia conquistada
No ser mãe endeusada
Na cama desejada
Na boca beijada
Na alegria multiplicada
No lar compartilhada
No seu dia festejada
Na tristeza consolada
Na queda levantada
Na luta encorajada
No trabalho motivada
No aniversário presenteada
Na alma massageada
Na beleza admirada
Na dificuldade ajudada
No cangote bem cheirada
Na vida abençoada
No mundo inteiro respeitada
E sempre que possível... abraçada!"


Madre Teresa de Calcutá

Margarida disse...

:-)

abraço 'patudo' com amizade,
m.