segunda-feira, 26 de abril de 2010

Não pedincho votos

Do ilustrador de serviço Fliscorno

Os outros candidatos pedem o voto a todos os portugueses. Eu quero os votos só de alguns. Dispenso e, se puder, impeço, os votos dos fascistas, liberais e outros que mais.
Em particular, dispenso o voto
Do Soares, do Cavaco e do Jardim,
Do Balsemão, do Moniz, do Valentim,
Do Loureiro, do Belmiro e do Amorim.

Do Silva Lopes, do Beleza e do Salgueiro,
Do Salgado, do Vara e do Rogeiro,
Da Goucha, da Baião e da Júlia Pinheiro,

Do Moita Flores, do Miguel e do Marcelo,
Do Pacheco, do António e do Metelo,
E não digo o nome de mais nenhum camelo
Que só dos recordar fiquei pelo cotovelo
De tal forma que me saiu a decisão
De não dar nenhuma entrevista à televisão

Para votar Pata Negra é condição:
Ser limpo, ser porco e ser decente
e ter olhos para ver que sou diferente!

Se queres um lugar na pocilga subscreve em Pata Negra à Presidência

Sigam o exemplo deste súbdito:

Majestade.

Cá em casa assinámos todos e já divulguei pelos amigos e conhecidos pedindo para assinarem e para pedirem aos seus amigos e conhecidos para assinarem e pedirem aos seus amigos e conhecidos para assinarem e pedirem aos seus... bem, Sua Majestade já percebeu, é uma espécie de D. Branca só que não há dinheiro envolvido, apenas a assinatura muma petição. Que não é uma petição qualquer. É uma petição que pretende que a "NOMENKLATURA" permita que um cidadão livre, não comprometido com partidos, movimentos, lóbis, média ou similares, se candidate a um cargo a que, pela nacionalidade, idade e registo criminal, tem direito.
Juntos vamos conseguir!Alberto Cardoso




10 comentários:

quink644 disse...

Também não te vás lambuzar com as peixeiras e vendedoras de hortaliça que não é nada higiénico, pese embora o seja mais do que ver e ouvir muitos dos ignóbeis seres que poluem o nosso(?) país...

SILÊNCIO CULPADO disse...

Pata Negra

Eu tenho os requitos todos para te apoiar mas isso de ser porco(a)
não poderás dispensar?

Os votos não se mendigam. Os votos merecem-se e conquistam-se. Mais vale poucos mas bons do que muitos que não prestam.
Claro que tu és diferente. És um produto genuíno daqueles que já não se encontram.
O resto são fantasias para enganar o Zé.

Abraço limpo, decente e a olhar diferente.

O Guardião disse...

Ainda bem que se dispensam uns quantos nomes que nem gosto de pronunciar tal a má disposição que me causa a sua audição. O Guardião apoia este candidato, também pelo não comprometimento com gente que necessita de ir à barrela.
Cumps

MARIA disse...

Bom texto!

:)

Um beijinho.

Daniel Santos disse...

já "assinei".

do Zambujal disse...

Ah! G'anda Pata.
Tu, contraditoriamente com a tua suina condição, nunca metes a pata na poça!
Assino, com enorme prazer, o apoio ao que esta candidatura representa de denúncia e afirmação de vital-idade. E de certeza num futuro outro. Menos porco, no sentido figurado e mal cheiroso, e mais porco, no sentido Pata Negra!

Um grande abraço

Marreta disse...

Isto está a andar! Será que os gajos (Tribunal Constitucional) também aceitam as assinaturas de quatro patas e os votos de pernil? Se assim for, com tanto porco que por aí existe, a eleição já é uma certeza, mesmo recusando os falsos suínos.

Saudações do Mandatário.

MARIA disse...

Majestade,
Espreite este País.

http://www.youtube.com/watch?v=YYDKB3xXdqs

É uma sorte que a sua candidatura não seja neste estado.
Seria o fungagá da bicharada.
:)
Sabe que eu assinei a sua petição, mas não o fiz a brincar.
Acho que devemos relevar o lado sério desta graça, sublinhando a ideia que é necessário que a democracia funcione para além do espartilho das divisões e tensões partidárias.


Um beijinho,

opolidor disse...

Pata Negra, rei! se te tornares presidente como se espera não te trarão nunca ao colo, mas puxam-te pela argola... e tu vais porque faz doer.

abraço

Zé Povinho disse...

Um candidato que não pretende agradar a todos e que dispensa maus elementos e publicidade enganosa, é de certo o meu candidato.
Abraço do Zé