quinta-feira, 30 de junho de 2011

Leitão da Quinta

Bem podem os anónimos, silvas, manuéis e outros perfis estranhos tentar golpes palacianos! Bem pode o facebook-caralivro tentar "belmirizar" o ciberespaço! Bem podem os fantasmas de santa comba erguer-se da tumba entusiasmados pelo renascer da direita necrófaga! O Rei e a Corte continuarão serenos, reinando com a situação, cortanto a torto e a direito em prol da revolução! Aporcalharemos os cavalos selvagens da  nobreza e cavalgaremos os porcos capitalistas! Na Grécia a revolução já começou! Viva o meu cão Loukanikos e a minha amada que faz hoje anos de casada e anda armada! Não tem piada mas rima! Não sou eu que estou em baixo nem ela que está em cima! Viva o programa da troika, o programa do governo, o programa do Manuel Luís Goucha, o programa das festas, o programa do verão! Hoje é quinta de Leitão!...

12 comentários:

antónio - o implume disse...

Está muito calor para a luta armada... já meti baixa (e o sindicato apoia-me).

Gajo Alucinado e Imbecil em Curas Termais disse...

Guerrilha com uma Uzi?

e com o pata negra como cavala de batalha?

com uma armalite nem uma guerrilha de jêto se faz quanto mais como uma uzi

só gentes urbanas matam à queima roupa

Devo ter medo de por aqui andar ou de pensar?!
isto não é um sítio onde se ande
apenas onde se escreve

logo duvido que haja razões para tal a não ser que tenha fobias e pânicos terrores

Certo ou errado, podem-nos roubar o direito de comer mas nunca nos conseguirão proibir de pensar

comer não é um direito...

é um resultado do ecossistema envolvente

não se come areia com sucesso

não se pode roubar o que não existe

nunca deves ter passado fome
ó leitão...nem visto gente a morrer dela

os revolucionários de café geralmente são assi...

os outros são uns alucinados imbecis
presos a ideologias

Mosquinha quase morta disse...

Nunca está calor demais para a luta armada ou desarmada

O sangue simplesmente corre mais depressa...e coagula também

e traz moscas tantas moscas

as moscas no frio são raras

O Gajo Tá Vivo Mas Nã Se Meche disse...

E se um gajo é implume, não tem calor só tem frio.

Pata Negra disse...

Ó Ganhão, tu és psiquiatra?!

Fernando Samuel disse...

Viva a luta armada, faça frio faça calor!

Um abraço.

O Guardião disse...

Viva tudo e viva nada
Esta vida é do caraças
Parece uma enxurrada
De ladrões e de carraças.

Cumps

joshua disse...

Meu caro, não te vás! Abraço de portas abertas!

Pata Negra disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
maceta disse...

Rei Pata

cá para mim estás a ser visitado por alucinados...

abraço e cag... neles

Manuel Silva disse...

Manuel Silva disse...
Este meu grande amigo Pata Suja é bestial!
Leram com atenção?
O homem não grama anónimos, como eu. São todos uns esquerdalhos cobardes que não se assumem.
Depois refere-se a “silvas, manuéis…”. Tá visto: o homem não grama o Manuel Carvalho da Silva, como eu. Esse comuna, até malquisto pelos próprios comunas, natural de Viatodos (ahahahaha) e com a profissão de Planificador de Trabalho (hahahahahahahahahaha). Planificador de Greves e Manifestações, isso sim, é do que se tem ocupado este Carvalho da Silva de há 25 anos para cá. Ele sabe lá o que é trabalhar? Se alguma vez soube já se esqueceu! Mais um esquerdalho do piorio, um perigoso agitador que eu, com gosto, condenaria às galés.
A seguir surge a referência a “belmirizar”. Aqui é demonstrada uma certa animosidade relativamente ao Belmiro de Azevedo da qual eu, com algum esforço, posso partilhar. Adiante.
Depois vem a alusão a Salazar com palavras como “santa comba” e “tumba”. O Pata Suja aqui também demonstra alguma desilusão. Também eu me desiludi com Salazar. Quanto a mim foi demasiado tolerante, pouco actuante com (contra!) a vergonhosa esquerdalha que já então dava sinais de vida. Se queremos matar uma víbora que o façamos à nascença, esmagando-lhe a cabeça com botas cardadas!!!
Grande Pata Suja. Terá em mim um amigo para a vida. Se tiver algum problema, alguém a preocupá-lo, diga. Eu e os meus resolveremos o assunto numa penada. Sem barulhos, se me faço entender.
Um abraço.
M. Silva

02/07/11 02:33

Anónimo disse...

ó silva:


és tropa? és básico? ou foste inventado?